Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Flamengo define: Renato Gaúcho não fica para 2022; relação com elenco é um dos problemas

Em entrevista, Renato Gaúcho deixou a decisão sobre futuro no Flamengo nas mãos da diretoria. No vestiário, comandante chorou e agradeceu os jogadores

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Alexandre Vidal/Flamengo

O técnico Renato Gaúcho não seguirá no comando do Flamengo para a próxima temporada. De acordo com o jornalista Cahê Mota, a diretoria rubro-negra e o próprio comandante decidiram não seguir com o trabalho em 2022.

“Renato [Gaúcho] não será o técnico do Flamengo em 2022. Por opção da diretoria, por opção do próprio, por não haver mais clima diante do trabalho, dos episódios e até do relacionamento com alguns jogadores. Clube avalia ruptura imediata ou ao término do Brasileirão”, publicou o jornalista da Globo em sua conta no Twitter.

Em entrevista coletiva após a partida, o treinador do Flamengo deixou o cargo em aberto para a decisão da diretoria. “Meu contrato termina no próximo dia 30, essa pergunta deve ser feita ao presidente, para o Marcos Braz, para a diretoria. A decisão agora é da diretoria”, disse Renato Gaúcho após vice-campeonato na Libertadores.

“No Brasil, só é bom quem ganha”, critica Renato Gaúcho

Renato Gáucho ainda ressaltou que já está “vacinado” contra críticas sobre seu trabalho. “Lógico que estamos tristes, o torcedor está triste, nós estamos muito tristes com a derrota de hoje. Infelizmente no Brasil só é bom quem ganha. Se hoje o Flamengo tivesse ganhado iam perguntar se eu iria renovar para o ano que vem. Como não ganhou, em 120 minutos, o técnico já não é bom”, disse.



LEIA TAMBÉM:

Neto brinca sobre gol de Deyverson e parabeniza Abel Ferreira: “Impressionante”

Palmeiras conquista a Libertadores e vaga no Mundial da Fifa; veja todos classificados

Rafinha? Geromel? Presidente do Flamengo fala sobre reforços para o próximo ano

Renato Gaúcho revela meta no Flamengo e ressalta: “Fizemos tudo que poderíamos”

Libertadores: Renato Gaúcho compara Flamengo de 1981 com o atual e minimiza problemas