Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Futebol americano: quais times viajaram mais e quem teve vida mais ‘fácil’ no último campeonato nacional?

Distância de locomoção entre a equipe que mais viajou e que menos se locomoveu na última Liga BFA de futebol americano foi maior que 5 mil quilômetros

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Richard Ferrari

O futebol americano está, aos poucos, voltando no Brasil após um ano e meio parado devido à pandemia do covid-19. Times retornaram aos treinos com elencos completos e já estão disputando campeonatos regionais em alto nível. Mas, nesta volta da modalidade, como vai ficar o campeonato nacional e, principalmente, como as equipes brasileiras vão se organizar para voltarem a viajar pelo país? Nesta reportagem, o Torcedores.com traz a lista dos times do futebol americano nacional que mais viajaram para disputar partidas, na última BFA Elite (2019). E, claro, os times que viajaram menos, na temporada regular.

Recentemente, a Liga MGFL Hinova, organizada pela Brasil FA, chegou a promover o campeonato mineiro de futebol americano, que foi transmitido para todo o Brasil pelo Youtube e páginas do Facebook do Atlético-MG e Cruzeiro. Ao todo, a competição contou com mais de 100 mil visualizações e marcou a volta de um campeonato de alto nível, no país. E neste último mês mais notícias marcaram o cenário do esporte, em âmbito nacional. Isso porque foi anunciado um novo campeonato brasileiro, que deve se tornar o oficial (chancelado, ligado à IFAF e ao Ministério do Esporte), da Confederação Brasileira de futebol americano (organização “máxima” do esporte, no Brasil). Este, o qual terá um projeto ainda a ser apresentado, confronta a atual liga BFA e o modelo de gestão realizado de 2017 a 2019. A Liga BFA, por sua vez, se pronunciou sobre o anúncio da CBFA com um post no Instagram, dizendo “O maior campeonato do Brasil tem 3 letras.”

Em nota oficial, a CBFA disse que um dos motivos para a organização da liga é “que o Brasil enfrenta uma grave crise econômico-financeira, e o atual preço dos combustíveis dificultará o deslocamento e viagens pelo país;”. Para as equipes, existe, ainda, uma incerteza, visto que não houve projeto apresentado pelas atuais ligas. Mas levantamos a distância que cada equipe que disputou a BFA Elite (série A) viajou para encarar seus adversários, em 2019, que terminou com o João Pessoa Espectros como campeão brasileiro.

Neste levantamento, foram estabelecidos os seguintes fatores: para ser considerado viagem, deve-se ter ao menos 1h de trajeto ou se locomover para outra cidade (geralmente, em jogos fora de casa. Mas houve mando de campo em que equipes precisaram viajar); Foram levantados apenas disputas na temporada regular, ou seja, sem contar com a distância percorrida nos Playoffs de cada equipe (o que, naturalmente, aumenta a quilometragem percorrida); A distância entre cidades foi precisamente levantada por Google Maps; As informações sobre as cidades das partidas realizadas foram levantadas dentro do site Salão Oval; Conta-se distância de ida e volta somadas, em cada partida, para calcular a quilometragem final de uma equipe;

Top 6 times que mais viajaram na BFA 2019

1º – Cavalaria 2 de Julho FA: 6.752km

2º – Santa Maria Soldiers: 4.794km

3º – CG Predadores: 4.530km

4º – Tritões FA: 4.508km

5º – Ribeirão Preto Challengers: 3.856km

6º – Flamengo Imperadores: 3.278km

 

Top 6 times que menos viajaram na BFA 2019

1º – Santa Cruz Pirates: 806km

2º – Black Hawks: 860km

3º – São José Istepôs: 1.264km

4º – Bulls Potiguares: 1.422km

5º – Coritiba Crocodiles: 1.476km

6º – Portuguesa FA (que mudou para Rhynos FA): 1.876 km

Procurado pela reportagem para comentar os motivos que decidem a diferença de locomoção entre as equipes da liga, o Diretor de Operações Esportivas da Liga BFA, Lucas Rossetti, não retornou os questionamentos até a publicação desta matéria.

Confira a lista completa da distância percorrida pelos times de futebol americano, na BFA 2019

1º – Cavalaria 2 de Julho FA: 6.752 km

2º – Santa Maria Soldiers: 4.794 km

3º – CG Predadores: 4.530 km

4º – Tritões FA: 4.508 km

5º – Ribeirão Preto Challengers: 3.856 km

6º – Flamengo Imperadores: 3.278 km

7º – Rondonópolis Hawks: 2.988 km

8º – Ceará Caçadores: 2.893 km

9º – Natal Scorpions: 2.762 km

10º – Corinthians Steamrollers: 2.558 km

11º – Sinop Coyotes: 2.470 km

12º – Vasco Almirantes: 2.422 km

13º – Galo FA: 2.392 km

14º – João Pessoa Espectros: 2.358 km

15º – Macaé Oilers: 2.270 km

16º – Jaraguá Breakers: 2.264 km

17º – América Locomotiva: 2.236 km

18º – Sorriso Hornets: 2.204 km

19º – Cuiabá Arsenal: 2.192 km

20º – Recife Mariners: 2.138 km

21º – Leões de Judá: 2.116 km

22º – UFERSA Petroleiros: 2.092 km

23º – Tubarões do Cerrado: 2.092 km

24º – Brasília Templários: 2.092 km

25º – Paraná HP: 2.014 km

26º – T-Rex: 2.004 km

27º – Portuguesa FA (que mudou para Rhynos FA): 1.876km

28º – Coritiba Crocodiles: 1.476km

29º – Bulls Potiguares: 1.422km

30º – São José Istepôs: 1.264km

31º – Black Hawks: 860km

32º – Santa Cruz Pirates: 806km

 

LEIA TAMBÉM

Vai dar Fadinha? Com Rayssa Leal e Pedro Barros, Oi STU Open Rio começa em dezembro e deixará legado

Com nomes conhecidos, CBFA anuncia comissão técnica da Seleção Masculina de Futebol Americano

Brasileirão de Futebol Americano: Confederação anuncia que voltará a organizar o Campeonato Brasileiro em 2022

Futebol americano: em “goleada”, Galo vence Cruzeiro na final da Liga MGFL com atletas que podem ir para NFL

10 jogadores da Série B que seriam bons reforços na Série A

FIFA anuncia os indicados ao Prêmio Púskas 2022: veja todos os gols

Mundial de Clubes FIFA 2021: Sorteio define tabela da competição

Gustavo Gómez, do Palmeiras, é alvo de gigante sul-americano para 2022