Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ricardo Oliveira revela ‘briga’ com Sampaoli por não ida ao Santos: “Sou profissional”

Ricardo Oliveira participou do podcast oficial do Santos e revelou rusgas com Jorge Sampaoli

Eduardo Suguiyama
Eduardo Suguiyama é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado).

Crédito: Reprodução/YouTube

Nesta segunda-feira (15), o atacante Ricardo Oliveira participou do podcast oficial do Santos e falou sobre diversos assuntos no programa. Entre eles um atrito que o jogador teve com o técnico Jorge Sampaoli, que sequer chegou a comandar o centroavante em campo.

Ricardo Oliveira teve duas ótimas passagens pelo Santos, uma em 2003 e outra entre 2015 a 2017 e poderia ter tido uma terceira, na época ainda em que defendia o Atlético-MG e Jorge Sampaoli comandava o Peixe, em meados de 2019, mas a transferência não aconteceu, o argentino queria o jogador e pediu para que ele ‘brigasse’ pela saída no Galo, o avançado não concordou e revelou uma rusga com o treinador, que no ano seguinte assumiria o time mineiro.

“O Sampaoli me queria no Santos e falou: ‘Briga aí para você vir pra cá’. Eu falei: ‘Não posso, sou profissional. Não posso sair desse jeito’. Não fui para o Santos porque não quis brigar. Ele foi para o Atlético-MG e o que aconteceu? Nem me permitiu treinar com o elenco”, disse.

Assista ao trecho da entrevista de Ricardo Oliveira:

Ricardo Oliveira

O atacante foi revelado pela Portuguesa no ano 2000, logo fez sucesso e foi vendido para o Santos, onde ficou apenas seis meses devido ao faro de gol chamou atenção dos times europeus. Foi vendido para o Valencia, atuou também pelo Betis, Milan, Zaragoza, Al-Jazira e Al Wasl. No Brasil, além da Portuguesa, Santos e Atlético-MG, o jogador também defendeu as cores do São Paulo e Coritiba.

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

LEIA MAIS