Torcedores – Notícias Esportivas

Arrascaeta, Nacho, Calleri e mais: 11 gringos que se destacaram no Brasileirão Série A

Vários jogadores fora do Brasil se destacaram na competição nacional

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 29 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

A edição 2021 do Brasileirão Série A está encerrada e com campeão definido: o Atlético-MG. Apesar disso, vários jogadores nascidos fora do Brasil se destacaram entre os 380 jogos realizados.

O Torcedores separou 11 gringos que arrebentaram na competição. Veja a lista a seguir:

1- Arrascaeta (Flamengo)

Quarto maior garçom da competição, o uruguaio deu seis assistências e marcou um gol

2- Nacho Fernández (Atlético-MG)

O argentino marcou cinco gols e deu cinco assistências. Nacho integra a seleção da Série A elaborada pela CBF.

3- Júnior Alonso (Atlético-MG)

Outro campeão da Série A pelo Galo, o zagueiro também integra a seleção da Série A elaborada pela CBF.

4- Rigoni (São Paulo)

Contratado ainda quando o Tricolor era treinador por Hernán Crespo, o argentino fez quatro gols e deu cinco assistências. Rigoni interferiu diretamente em 29% dos gols do São Paulo, no campeonato.

5- Calleri (São Paulo)

O centroavante argentino jogou pouco na Série A, mas fez a diferença para evitar o rebaixamento do São Paulo. Autor de cinco gols, ele interferiu, diretamente, em 11 pontos conquistados pelo Tricolor.

6- David Terans (Athletico Paranaense)

O uruguaio marcou seis gols e deu sete assistências. Influenciou diretamente em 32% dos gols do Furacão, na Série A

7- Gustavo Gómez (Palmeiras)

O jogador paraguaio também integra a seleção da Série A elaborada pela CBF.

8- Cuesta (Internacional)

O zagueiro tem a defesa como principal obrigação, mas o uruguaio deu cinco assistências na Série A.

9- Saravia (Internacional)

O lateral argentino é o oitavo jogador que mais desarmou na Série A. Acumulou 65 roubadas de bola em 27 jogos. A média é de 2,41 desarmes por jogo.

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes

Ele é o vice-líder do Internacional neste fundamento. Divide a segunda posição com Rodrigo Dourado e ficou atrás de Patrick.

10- Borja (Grêmio)

O colombiano disputou apenas 18 jogos pelo Imortal na competição. Entretanto, foi o vice-artilheiro da equipe gaúcha. Marcou cinco gols e deu duas assistências.

11- Rodallega (Bahia)

O colombiano de 36 anos fez apenas seis gols em 22 jogos, mas teve uma atuação histórica. Contra o Fortaleza, ele marcou quatro gols. O Bahia venceu por 4 a 2.

Leia também:

Brasileirão da zoeira! Veja os melhores memes da edição 2021 do torneio

Brasileirão Série A define times da edição 2022; veja os 20 participantes

TV Globo: jornalista ironiza time da Série A e cita Botafogo

TV Globo erra ao citar times que conquistaram o acesso para a Série A

Brasileirão: veja como são divididas as cotas dos direitos de transmissão