Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Irmão de jogador do Grêmio é preso por tentativa de estupro em Porto Alegre

Wiston Alexi  foi preso no último sábado por tentativa de estupro a um homem na residência do jogador do Grêmio

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A Polícia Militar decretou a prisão em flagrante de Wiston Alexi Campaz, irmão de Jaminton Leandro Campaz, meia-atacante do Grêmio. A acusação que recai em cima do colombiano é de tentativa de estupro de um homem no último sábado.  A vítima, de 28 anos, relatou que sofreu mediante uso de violência física e asfixia enquanto sofria a tentativa de abuso.

O incidente ocorreu na casa do jogador, onde mora Wiston. Contudo, o gremista estava fora da residência, ainda a serviço do Grêmio que voltava de Salvador. O irmão do jogador saiu do local, zona sul de Porto Alegre, algemado. A defesa do colombiano nega todas as acusações.

O que aconteceu?

Wiston Alexi e o homem envolvido na acusação saíram de uma festa e pararam em um posto de gasolina para consumir bebidas alcoólicas. Já na casa de Campaz, a dupla chamou uma garota de programa. Contudo, a mulher se recusou a manter relações sexuais com os dois homens e foi embora. Ao tentar deixar a casa também, a vítima teria sido atacada por Wiston. Um inquérito foi aberto na 6ª Delegacia de Polícia, que irá apurar o caso.

Cuca entra em ranking de técnicos com mais títulos do Brasileirão; lista

Neto surpreende e crava clubes que irão dominar o futebol brasileiro

Ronaldo lembra 7×1 e diz que Galvão Bueno “não para de falar”