Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Abrahão confirma mais duas saídas, diz que Jean Pyerre ainda não aceitou Athletico e avalia polêmica das “cadeiras vazias”

Vice de futebol Denis Abrahão concedeu novas declarações em entrevista sobre o Grêmio à Rádio Guaíba

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Reprodução/YouTube

Em entrevista dada à Rádio Guaíba já no final da tarde desta terça-feira, o vice-presidente de futebol do Grêmio, Denis Abrahão, fez um rápido apanhado do momento do clube no mercado e confirmou que tanto Darlan como Paulo Miranda irão para o Juventude – o primeiro por empréstimo de uma temporada.

A novidade na entrevista de Abrahão foi a revelação de que Jean Pyerre ainda não assinou o contrato de empréstimo com o Athletico, mantendo o seu futuro incerto. Entre os dois clubes, no entanto, já há o acerto para a ida do jogador.

Terminando sobre o mercado, Abrahão disse desconhecer a informação de uma possível proposta do Al-Ain, dos Emirados Árabes, pelo jovem volante Fernando Henrique. E confirmou que dificilmente o Grêmio vai conseguir trazer, nesse momento, mais um atacante de lado, descartando Sorriso, do Juventude e Moisés, da Ponte Preta.

Abrahão fala da polêmica apresentação do Grêmio

Denis Abrahão mostrou incômodo com as críticas que foram feitas ao evento de reapresentação do elenco do Grêmio na segunda-feira. E justificou que as cadeiras vazias vistas nas primeiras fileiras eram por cuidados ao Covid-19, que novamente afetou o elenco.

“Eu achei medíocre repórteres brilhantes que são gaúchos que estavam reclamando da apresentação do Grêmio. Falarem besteiras no rádio é complicado. Sete jogadores com Covid-19, são sete cadeiras vazias. Queriam que eu botasse funcionários a sentar para dizer que estava lotado de jogadores? Não. Aí eu estaria sendo rasteiro e pequeno, coisa que não serei”, disse, antes de acrescentar:

“Concentração será de regime fechado para evitar que os casos se proliferem. Vem outra onda. Eu vou tomar a quarta dose assim que sair. Todos precisam se proteger e usar máscara. Não é um problema só do Grêmio. Estados Unidos fechou a fronteira. E vou colocar o Grêmio em risco? Negativo. Iríamos abrir pra imprensa, mas não dá pra acontecer isso. É a realidade, é só ler”, finalizou o dirigente.

LEIA MAIS:

Real Madrid define lateral brasileiro para ser o substituto de Marcelo

Técnico do United “implora” por permanência de Cavani para 2022

No radar de Palmeiras e Flamengo, Coutinho pode ter novo destino na Europa

Mercado da bola: Palmeiras monitora situação do lateral Marcelo para 2022

Pai de santo prevê futuro do Grêmio para 2022 e faz forte revelação sobre Vagner Mancini