Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Botafogo ainda não fez nova proposta por Oyama e fica sem prioridade por volante

Fogão perdeu prioridade em tentar manter jogador; proposta ao Mirassol ainda deve ser enviada

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Vitor Silva/Botafogo.

A situação envolvendo a permanência do volante Luís Oyama no Botafogo ainda segue uma incógnita dentro do clube. O contrato de empréstimo do jogador, que pertence ao Mirassol, se encerrou e agora o clube não terá mais a preferência nas negociações.

E também não há qualquer tipo de negociação no horizonte. De acordo com o GE, uma nova proposta que seria feita pelo Glorioso ao time paulista ainda não foi feita formalmente aos paulista, mas esta deverá ser enviada nos próximos dias.

A primeira proposta feita pelos cariocas foi recusada pelo Mirassol. O clube alvinegro ofereceu R$ 1  milhão para adquirir cerca de 28% dos direitos econômicos de Oyama, o pagamento sendo feito de forma parcelada. Mas os mirassolenses recusaram a proposta por entender que estaria muito abaixo do valor que julga apropriado para negociar o jogador, que seria de R$ 3,5 milhões por uma fatia maior dos direitos econômicos (60%).

O teor da nova proposta é incerto, mas se sabe que o Botafogo poderia até negociar os valores dentro da pedida dos paulistas. No entanto, com o fim do empréstimo, o Fogão perdeu o direito de prioridade nas negociações pelo volante. E caso haja propostas para o meio-campista destaque na Série B, terá que enfrentar a concorrência para chegar à pedida pelo time que detém a maior fatia dos direitos econômicos. E o próprio jogador se manifestou a favor de sua permanência no clube.

Não houve fixação de preço no contrato de empréstimo de Oyama ao Bota, por isso a valorização pelas performances na conquista do título da segunda divisão nacional pode ter que forçar o time carioca a desembolsar maiores valores, mas para ter o dinheiro, poderá ter que esperar a resolução dos sócios e conselheiros sobre a venda da SAF para John Textor.

LEIA TAMBÉM

Richarlyson, ex-São Paulo, é anunciado como novo comentarista da Globo

Atlético-MG recebe proposta da Itália por Nathan Silva; veja os detalhes

Rivaldo se declara fã e destaca personalidade de Neymar: “Características ímpares no futebol”

Confira regras e prováveis confrontos da Copa do Brasil 2022

Botafogo oficializa acordo de venda da SAF para John Textor

John Textor explica futura política de contratações do Botafogo

Neymar surpreende sobre fama e manda recado para os haters: “F…-se o que vão pensar de mim”

Mercado da Bola: Vasco, Botafogo e mais três equipes disputam a contratação do zagueiro Jackson