Torcedores – Notícias Esportivas

Ex-Cruzeiro é oferecido a clubes, mas segue sem ofertas e com futuro incerto no Boca Juniors

Ramón Ábila tem contrato com o Boca Juniors até junho de 2022

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Boca Juniors

Antes de mais nada, o Boca Juniors segue tentando definir o futuro do atacante Ramón Ábila, que está fora dos planos do técnico Sebastián Battaglia para a temporada. O jogador de 32 anos retornou ao clube após ser emprestado ao DC United, dos Estados Unidos, na última temporada.

O Torcedores.com apurou que o presidente Juan Román Riquelme não recebeu propostas pelo atleta que atuou pelo Cruzeiro entre 2016 e 2017. O argentino foi reintegrado e voltará a treinar com o elenco até encontrar um novo destino.

Ramón Ábila tem sido oferecido a alguns clubes da América do Sul, não por parte do Boca Juniors, mas sim por alguns intermediários, que têm atuado no mercado da bola com a autorização de seus representantes.

Com essas pessoas tentando pegar uma carona na situação, o atacante tem sido ligado a algumas equipes, como o Deportivo Cali, da Colômbia, Cerro Porteño, do Paraguai, Colo-Colo, do Chile e The Strongest, da Bolívia.

Entretanto, de acordo com pessoas ligadas a Ramón Ábila, não existe neste momento negociação envolvendo o centroavante. Com contrato até junho de 2022, ele ganha US$ 791 mil (R$ 4,3 milhões, pela cotação atual) por ano, ou seja US$ 65,9 mil (R$ 357,9 mil) por mês.

Ainda segundo apurou a reportagem, é pouco provável que as partes cheguem a um acordo para uma rescisão amigável, já que para isso Ramón Ábila teria de abrir mão do dinheiro que ainda tem a receber até o fim do contrato.

Em caso de empréstimo, o Boca Juniors sabe que terá de arcar com boa parte dos vencimentos do atleta. Por isso, a diretoria também busca uma solução criativa que não seja prejudicial para as partes envolvidas.

A passagem de Ramón Ábila pelo Cruzeiro

Revelado pelo Instituto de Córdoba, Ramón Ábila ganhou destaque com a camisa do Huracán, time que defendeu entre 2014 e 2016. Então, acertou com o Cruzeiro e ficou por duas temporadas. Nesse ínterim, disputou 41 jogos, fez 25 gols e venceu a Copa do Brasil de 2017.

As boas atuações chamaram a atenção do Boca Juniors, que contratou o argentino. Wanchope, como é chamado pela imprensa de seu país, conquistou dois Campeonatos Argentino, duas Supercopas da Argentina e uma Copa da Liga Argentina.

LEIA MAIS: 

Clube argentino sonha com Ramón Ábila e tem conversas iniciais com ex-Cruzeiro, em litígio com o Boca Juniors 

Cruzeiro abre conversas por atacante desejado pelo Internacional, mas mantém cautela 

Clube argentino sonha com Ramón Ábila e tem conversas iniciais com ex-Cruzeiro, em litígio com o Boca Juniors  

Ex-Cruzeiro, Juan Sánchez Miño acerta contrato de dois anos com clube argentino  

Brasileirão Série A: jornalista erra ao citar nome de técnico; assista   

Vítima de Robinho volta a desabafar e pede prisão do atacante por estupro   

Jornal aponta disputa entre cinco clubes por Endrick, do Palmeiras 

Sobis se defende após polêmica, nega “entregada” e manda recado a Casagrande: “Olha pro teu teto de vidro”