Torcedores – Notícias Esportivas

Novo head coach do New Orleans Saints, Dennis Allen descreve o que espera de um quarterback: “Cara que pode liderar homens”

Head coach que assume o New Orleans Saints após a saída de Sean Payton, Dennis Allen aproveitou para falar o que espera na franquia

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Divulgação

Desde 2006, o New Orleans Saints foi comandado por Sean Payton. No dia 26 de janeiro, ele confirmou à imprensa que sairia da franquia. Poucos dias depois, a equipe da Louisianna revelou o nome do novo head coach: Dennis Allen. Em entrevista coletiva na última terça-feira (08), ele falou de alguns dos problemas mais urgentes do elenco. E, também, aproveitou para falar sobre o que pretende para o período em que estiver à frente do time.

Com Jameis Winston como free agent e os quarterbacks reservas sem convencer, a tendência é que o Saints busque um novo nome para a posição. Dennis Allen, primeiro, despistou sobre o próximo jogador a lançar bolas na franquia. “Acho que é a decisão mais importante que você toma. Essa será uma das primeiras coisas que faremos. Nos reuniremos como equipe, como organização, e avaliarmos essa posição”, destacou.

Pouco depois, Dennis Allen falou o que espera do novo nome. “Há muitas maneiras diferentes de fazer isso. Mas queremos um vencedor. Apenas um vencedor, um cara que tem ética de trabalho incansável, um cara que pode ajudar a liderar homens. Isso é o que eu vejo na posição de quarterback”, comentou.

Sobre os quarterbacks reservas, entretanto, ele não descartou nem um deles. À priori, Dennis Allen conta com Taysom Hill, Trevor Siemian e Ian Book. “Está funcionando. O que não está quebrado, não vamos tentar consertar. Pode haver algumas coisas com a forma como fazemos as coisas. Mas não penso do ponto de vista de uma filosofia fundamental. Eu realmente não vejo isso mudando”, pontuou.

O que esperar?

Confiante, Dennis Allen aproveitou para falar sobre o que busca na equipe. “Quero tirar as lições que aprendi, quero construir sobre essas lições e quero criar meu próprio legado aqui com o New Orleans Saints. Eu sei que este é um trabalho que tem a ver com a própria personalidade, e é assim que pretendo trabalhar aqui”, finalizou.