Torcedores – Notícias Esportivas

Palmeiras define quantidade de reforços para janela de transferências no meio do ano

Palmeiras conta com 24 jogadores no elenco profissional e deve buscar aumentar esse número na próxima janela, que reabre em julho

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras contratou cinco reforços para a disputa da temporada de 2022 até o momento, mas deve voltar ao mercado na janela de transferências do meio do ano, que abre em 18 de julho. Desta vez, a missão é ampliar o elenco comandado pelo técnico Abel Ferreira, que atualmente conta com 21 jogadores de linha, além dos três goleiros e de atletas do time sub-20 em processo de transição para o profissional.

Segundo informações da ESPN, a diretoria do Palmeiras reconhece a limitação do elenco para a sequência da temporada e planeja a contratação de três a quatro peças de renome para reforçar o grupo.

Um dos desses reforços deve ser para encerrar a busca por um centroavante – desde a temporada passada, diversos nomes foram tentados pela diretoria, como Pedro, do Flamengo, Castellanos, do New York City, Lucas Alario, do Bayer Leverkusen, e Yuri Alberto, ex-Internacional.

O clube Alviverde também pode buscar por um volante, já que Jailson sofreu uma grave lesão no ligamento cruzado do joelho direito e deve desfalcar a equipe pelo menos pelos próximos seis meses. Atualmente o técnico Abel Ferreira conta com Danilo, Zé Rafael, Atuesta e Gabriel Menino, além dos garotos Pedro Bicalho e Fabinho, campeões da Copinha com o time sub-20 em janeiro.

Elenco curto para Abel Ferreira:

Em entrevista coletiva após o empate sem gols com o Flamengo, pela rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Abel Ferreira foi questionado sobre a dificuldade do Palmeiras para a sequência da temporada considerando que o Verdão tem o elenco mais curto da Série A do Brasileirão.

— Sim, temos um elenco curto, por opção minha. Sim, queríamos outras alternativas, e o clube não conseguiu encontrar, por várias razões. Agora, temos dois jogadores por posição, temos 24 jogadores. Dois por posição, mais os moleques da formação que têm nos ajudado – avaliou o comandante palmeirense.