Torcedores – Notícias Esportivas

Djokovic vence Masters 1000 de Roma e ultrapassa as 1.000 vitórias na carreira

Tenista sérvio vence o grego Stefanos Tsitsipas por 2 sets a 0, fatura torneio na Itália e se mantém no topo do ranking mundial

Rico Chermont
Gestor Esportivo | Sport Management Fala sobre #esportes, #experiencia, #sportsmanagement, #gestãoesportiva e #marketingesportivoPresidente MiniFootball Brasil Presidente Pan American Minifootball Federation CEO na Chermont BR Company CEO na ChBR Advertising CEO na ChBR Sports

Crédito: Reuters/GUGLIELMO MANGIAPANE

Novak Djokovic fez história em Roma. Jogou sua 12ª final do Masters 1000 de Roma, venceu pela sexta vez o torneio na Itália, conseguiu seu 38º título de Masters 1000, sendo o maior vencedor e atingiu sua vitória número 1001. São muitos números que o credenciam ainda mais como o #1 do mundo.

Djokovic conseguiu disputar o torneio de Roma devido a legislação italiana que, permite que estrangeiros ingressem no país  apresentando comprovante de vacinação ou alguma prova de que já se infectou com a doença ou ainda teste negativo para a covid-19.

LEIA TAMBÉM: Em Roma, lesão atrapalha Nadal e tenista leva virada de Shapovalov

Djoko estreou no torneio no dia 10 de Maio, na Fase de 32, contra o russo Alan Karatsev e venceu por 2 sets a 0 com parciais de 6/3 e 6/2. Nas Oitavas de Final, a vítima foi o suíço Stan Wrawinka. Djokovic venceu por 2 sets a 0 com duro 6/2. O jogo das quartas de final aconteceu sexta-feira (13) contra o canadense F.Auger-Aliassime. O resultado foi mais um 2 a 0 a favor de Djokovic, que venceu com parciais de 7/5 e 7/6.

Nas SemiFinais, o norueguês Casper Ruud, número 10 do mundo, entrou para a história. Foi em cima de Ruud que Djokovic conquistou sua milésima vitória na carreira. O jogo terminou com 2 sets a 0 com parciais de 6/4 e 6/3. A grande final foi contra o grego Stefanos Tsitsipas e mais um 2 sets a 0. Djokovic se tornou campeão do Masters 1000 de Roma ao vencer por 6/0 e 7/6.

NÚMEROS IMPRESSIONANTES

Já são 370 semanas na liderança do ranking da ATP e Djokovic demonstra não querer sair de lá. Além disso, Djokovic se tornou o 5º tenista da Era Aberta a ultrapassar as 1.000 vitórias na carreira. Além dele, o norte-americano Jimmy Connors (1274 vitórias), o suíço Roger Federer (1251), o também norte-americano Ivan Lendl (1068) e o espanhol Rafael Nadal (1050) também estão nesse seleto grupo. Foi a 12ª Final do Master Series de Roma. Djokovic foi campeão em 2008, 2011, 2014, 2015, 2022 e agora em 2022. E por 6 vezes foi Vice Campeão, em 2009, 2012, 2016, 2017, 2019 e 2021.