Torcedores – Notícias Esportivas

Contestado no Flamengo, Hugo Souza entra na mira de clube da Europa; multa é de R$ 358 milhões

Hugo Souza já foi alvo do Ajax na temporada passada e ainda tem vínculo até 2025

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

O goleiro Hugo Souza tem sido alvo constante de críticas da torcida do Flamengo devido as frequentes falhas recentes. Ainda sim, o camisa 45 parece ter mercado no futebol europeu. Segundo informações da coluna ‘Mercado da Bola’, do UOL Esporte, o PSV, da Holanda, está de olho na contratação do atleta de 23 anos.

De acordo com a publicação, o clube holandês prioriza a contratação de um goleiro na janela de transferências do meio do ano, quando os times da Europa se preparam para a nova temporada, e há dias tem analisado e buscado informações nos bastidores sobre o goleiro do Flamengo.

O PSV encerrou a temporada de 2021/2022 com o suíço Yvon Mvogo como titular da equipe, mas o goleiro de 27 anos pertence ao RB Leipzig, da Alemanha, e não deve ter o contrato de empréstimo renovado.

Hugo Souza tem contrato com o Flamengo até dezembro de 2025 e uma multa rescisória avaliada em 70 milhões de euros, ou cerca de R$ 360 milhões na cotação atual. Segundo apuração recente do Torcedores.com, a diretoria rubro-negra autorizou três intermediários para prospectar o nome de Hugo Souza na Europa. Os nomes dos agentes são mantidos em sigilo, mas são profissionais que têm grande entrada em clubes da Bélgica, Espanha, França, Itália e Portugal.

Na atual temporada, Hugo disputou 23 jogos com a camisa do Flamengo e sofreu 16 gols. Desde sua estreia no time profissional, em 2020,  o goleiro acumula 63 partidas disputadas e 60 gols sofridos.

Hugo recebe apoio de Paulo Sousa:

Hugo Souza recebeu apoio do técnico Paulo Sousa após a falha contra o Sporting Cristal, do Peru, em jogo válido pela sexta e última rodada. O treinador fez questão de demonstrar que o goleiro segue bem respaldado pela comissão técnica do Flamengo.

— Em relação ao Hugo e a todos jogadores, existem sempre falhas. Procuramos sempre melhorar para caminharmos próximos da perfeição. Nesse campanha o Hugo sofreu um gol, hoje. É algo que procuramos estabilizar, com ele e todos os outros jogadores. Procurar dar confiança para tomarmos as melhores decisões, por vezes não tomamos as melhores decisões. Mas temos que saber ultrapassar essas situações. Ele, sendo um goleiro de 23 anos, vive um processo de crescimento para ultrapassá-las – afirmou o treinador em entrevista coletiva após a partida.