Torcedores – Notícias Esportivas

Tite revela pedido para CBF envolvendo Palmeiras e Atlético-MG: ‘Era justo’

Verdão ainda tem reprogramar o clássico contra o Santos, mas não obteve êxito

Cido Vieira
Jornalista graduado. Redator do Torcedores.com desde 2017. Repórter na rádio Provisão FM Caruaru.

Crédito: Francois Nel - Getty Images

Na última convocação anunciada por Tite para os compromissos amistosos da seleção brasileira, Palmeiras e Atlético-MG tiveram representantes acionados, Weverton e Danilo pelo time paulista, e Arana, do Galo. Na última terça (17), a CBF anunciou que Léo Ortiz, do Red Bull Bragantino também irá se juntar aos 27 atletas para os embates contra Coreia e Japão.

Entrevistado pela Jovem Pan na noite de ontem, o técnico Tite foi questionado sobre o calendário do futebol nacional, e revelou ter pedido nos bastidores para que os jogos de Palmeiras e Atlético-MG no Brasileirão fossem remarcados para uma nova data. A solicitação veio antes da convocação de Léo Ortiz, do Toro Loko, e a resposta da CBF foi negativa.

“Eu particularmente, junto com o Juninho, solicitamos, ao presidente em uma reunião que fizemos, que era justo transferir os jogos tanto do Palmeiras, como do Atlético-MG, jogando para um outro momento para que eles não fossem prejudicados. ‘Tu tá falando isso para ser bonzinho’. Não. São os fatos que eles trazem”, disse Tite.

Com desfalques de peso contra o Santos e o próprio Atlético-MG, o Palmeiras tentou nos bastidores a remarcação do clássico paulista, mas o pedido não foi aceito pela CBF. Além de Weverton e Danilo, o time palestrino perderá os zagueiros Gustavo Gómez, que servirá o Paraguai na próxima Data Fifa, e Kuscevic, que está à serviço da seleção chilena. O cenário de saídas só não é maior porque o lateral-esquerdo Piquerez está se recuperando de lesão, e não apareceu na pré-lista do Uruguai.

Os jogadores convocados se apresentam às suas respectivas seleções no final deste mês, e desfalcam o Palmeiras contra o Peixe e Galo. Diante da não marcação de um terceiro jogo para a seleção brasileira, o Verdão se livrou de perder Weverton e Danilo por mais duas partidas do certame nacional.