Home Futebol Corinthians mira a contratação de dois jogadores do futebol brasileiro para 2023

Corinthians mira a contratação de dois jogadores do futebol brasileiro para 2023

Timão quer atletas para reforçar o elenco que vai disputar a temporada que vem

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.

O Corinthians visa a contratação de dois jogadores que tem se destacado no futebol brasileiro em 2022 para a temporada que vem, tendo como principal foco o potencial de venda de ambos. O primeiro deles é o lateral Matheus Bidu, do Cruzeiro, que está emprestado pelo Guarani e não tem o futuro definido. O clube mineiro tem a prioridade para comprar o atleta, mas ainda não sabe se fará o investimento, segundo publicou o jornal Lance!.

PUBLICIDADE

Recentemente, os valores para a compra de Bidu foram divulgados e chegam a R$ 6 milhões por 60% dos direitos econômicos. O Timão pode buscar o atleta para ser um de seus laterais em 2023.

O segundo nome é o de Pedro Raul, principal jogador do Goiás no Brasileirão, e que está emprestado pelo Kashiwa Reysol, do Japão. O jogador de 25 anos, mesmo mais velho, é visto com potencial de venda para o futuro visando o mercado árabe, por exemplo.

PUBLICIDADE

Ele é um atleta que tem características que agradam o técnico Vítor Pereira, já que o Timão não tem um atleta parecido com ele desde que Jô deixou o plantel. Segundo publicação recente do jornalista Jorge Nicola, o Corinthians está disposto a gastar até R$ 18 milhões para comprar um dos artilheiros do Brasileirão pelo Esmeraldino.

Vítor Pereira não sabe se fica para 2023

Entusiasta do futebol de Pedro Raul, o técnico do Corinthians sequer sabe se ficará no clube no ano que vem, por isso uma proposta pelo centroavante depende da resposta do português à oferta de renovação que o Timão deve fazer ao fim do Brasileirão. Com isso, a tendência é que o planejamento do Corinthians mude em caso de saída de Vítor Pereira do time.

Ele tem o aval para indicar e para opinar em contratações visando a próxima temporada, como fez com Fausto Vera, hoje titular absoluto do time, e que foi um pedido do mesmo à diretoria.