Home Futebol Suárez no Grêmio: relembre 5 contratações históricas do futebol gaúcho

Suárez no Grêmio: relembre 5 contratações históricas do futebol gaúcho

Internacional e Grêmio fizeram o Aeroporto Salgado Filho lotar várias vezes para a torcida receber reforços festejados

Marco Maciel
Marco Maciel é jornalista que atua cobrindo futebol brasileiro, com ênfase para o futebol gaúcho com Internacional e Grêmio e para a mídia esportiva. Graduado em jornalismo pela pela PUC-RS, em 2007, está no Torcedores.com desde 2022; passou pela redação e assessoria de imprensa da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade); edita o site SAMBARIO, voltado para sambas-enredo, desde 2004; e passou a escrever para o site NasPistas.com a partir de 2023.

A torcida do Grêmio aguarda com ansiedade a oficialização da contratação de Luis Suárez. Inclusive, o uruguaio já teria até data para apresentação. Conforme informações do jornalista Farid Germano Filho, um megaevento deve ser realizado no dia 3 de janeiro na Arena, com portões abertos ao torcedor para receber El Pistolero. Aproveitando o gancho, o Torcedores.com preparou uma lista de reforços históricos que desembarcaram com pompa no Salgado Filho, parando Porto Alegre.

PUBLICIDADE
https://twitter.com/OldFootball11/status/790296018868920320

Batista se transfere do Inter para o Grêmio

O primeiro da lista não significou exatamente um desembarque no Salgado Filho, pois já estava em Porto Alegre. Era algo impensável no fim de 1981, mas aconteceu. O Internacional não quis renovar o contrato com Batista, já que perdeu boa parte daquela temporada por conta de uma fratura na tíbia da perna direita. Então, o seu passe foi parar na Federação Gaúcha de Futebol.

Assim, o Grêmio depositou o valor correspondente de 163 milhões de cruzeiros na conta da FGF e levou o volante, que disputaria a Copa do Mundo da Espanha como jogador tricolor. Contudo, mesmo titular absoluto, deixaria o Imortal no fim de 1982, ficando somente por um ano. Naquela temporada, foi vice-campeão brasileiro, perdendo a final para o Flamengo. Pelo Grêmio, foram 53 jogos e quatro gols marcados.

PUBLICIDADE

Dunga de volta ao Internacional

O capitão do Tetra havia disputado sua segunda final de Copa do Mundo menos de seis meses antes, na França. Então no Jubilo Iwata, a possibilidade de Dunga retornar ao Internacional, clube que o formou, se tornou o principal assunto da imprensa esportiva gaúcha no fim de 1998. Logo após uma longa negociação, o Colorado oficializou o volante, que voltou ao Beira-Rio depois de 15 anos. Sua apresentação ocorreu no amistoso vencido por 3 a 0 diante do Grasshopper da Suíça, em janeiro de 1999 em Porto Alegre.

Mas o desempenho de Dunga ao longo da temporada foi de altos e baixos. Assim, chegou a perder a posição no time com o técnico Emerson Leão. Com o Internacional precisando ganhar na última rodada do Brasileirão Série A de 1999 para não ser rebaixado, Dunga marcou de cabeça, após cobrança de falta, o gol salvador diante do Palmeiras no Beira-Rio. Com o maior salário do clube, teve o contrato rescindido pela nova gestão que assumiu o Inter em 2000. Todo o dinheiro da indenização foi doado pelo capitão do Tetra para instituições de caridade.

PUBLICIDADE

Gladiador na Arena

A contratação de Kléber Gladiador foi uma das mais badaladas da época no futebol gaúcho pelo simbolismo. Afinal, o atacante foi apresentado na Arena do Grêmio ainda em construção, no fim de 2011. Então, durante a coletiva, o jornalista e humorista Duda Garbi apareceu fantasiado de gladiador, inclusive colocando um elmo na cabeça do jogador. Nos dois anos em que defendeu o Grêmio, viveu às voltas com lesões, tendo bons e maus momentos, mas sem conquistar títulos, marcando 23 gols em 105 jogos.

Craque da Copa do Beira-Rio

Eleito o melhor jogador da última Copa do Mundo realizada até então, Diego Forlán seria reforço do Internacional em julho de 2012. Ou seja, apenas dois anos depois de brilhar na África do Sul em 2010. Na época, o uruguaio estava na Internazionale de Milão e tinha 33 anos. Uma das maiores contratações da história do futebol brasileiro, sendo recebido por cerca de três mil colorados, Forlán ficaria um ano e meio no Beira-Rio, deixando o clube em 2014. Logo após um bom começo, sendo artilheiro do Gauchão, o atacante caiu de produção durante a temporada de 2013. No fim daquele ano, foi para o banco de reservas. Assim, em 55 partidas pelo Internacional, marcou 22 gols.

Meses de espera por Guerrero

O Internacional recém havia voltado para o Brasileirão Série A e anunciou Paolo Guerrero como o maior reforço em agosto de 2018. Desse modo, o impacto causado pelo centroavante peruano com passagens anteriores por Corinthians e Flamengo fez com que o torcedor o recebesse com festa no Beira-Rio. Contudo, a sua estreia precisou ser adiada por meses, depois da Justiça derrubar o efeito suspensivo de sua punição por doping pelo uso de benzoilecgonina, cuja licença provisória o fez jogar a Copa do Mundo de 2018. Dessa forma, Guerrero só estrearia oito meses depois, pelo Gauchão de 2019, aos 35 anos. O centroavante ficaria até 2021 no Beira-Rio, fazendo 72 jogos e marcando 32 gols.