Home Futebol Benja elege “nova safra” de atacantes no Brasil: “Vai dar o que falar”

Benja elege “nova safra” de atacantes no Brasil: “Vai dar o que falar”

Apresentador cita nomes que devem brilhar nos próximos anos

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles

Como é comum na história do futebol brasileiro, grandes promessas surgem de tempos em tempos. Neste momento, diversos atacantes são cotados como possíveis estrelas e Benjamin Back, o Benja, mencionou alguns nomes como destaques.

PUBLICIDADE

“Tem uma safra de novos atacantes no futebol brasileiro que vai dar o que falar: Vitor Roque, John Kennedy, Endrick, Deivid Washington, Ângelo”, citou o jornalista, que logo em seguida lembrou de Marcos Leonardo, do Santos: “Esqueci dele, verdade”.

Vitor Roque, do Athletico Paranaense, já está vendido ao Barcelona, enquanto Endrick será jogador do Real Madrid a partir do meio do ano que vem. Já Deivid Washington e Ângelo, ambos da base do Santos, foram vendidos recentemente ao Chelsea, da Inglaterra. John Kennedy vem se destacando no Fluminense de Fernando Diniz, e Marcos Leonardo deve sair do Brasil em breve.

PUBLICIDADE

Benja cobrou o atacante do Furacão na seleção brasileira: “Um jogador que está fazendo muita falta na seleção: Vitor Roque, centroavante do Athletico que já está vendido ao Barcelona. Ele desponta como sendo um camisa 9. Ele tem todo o perfil de que vai estourar na Europa”, avaliou o apresentador.

“O menino é goleador, tem uma força incrível, um arranque… Nós gostamos sempre de comparar, mas não é comparar, é ter referência. Ele me lembra momento, em certos momentos, o Ronaldo Fenômeno no começo. Um jogador forte, com explosão, goleador e com personalidade. Ao meu ver, ele deveria ter sido convocado para a seleção principal e não para a seleção olímpica”, opinou Benja na CNN Brasil.

Neto se empolga com Endrick, do Palmeiras

“Eu vou falar uma coisa para vocês, esse menino [Endrick] vai ser um dos maiores centroavantes do futebol mundial. Eu não tenho duvida disso, nasceu para fazer gol. É craque de bola, fenômeno. Esse Endrick vai ser melhor que Ronaldo e Romário. Que loucura a minha. Ele é um craque de bola”, disparou o apresentador da Band.

PUBLICIDADE