Home Mídia Esportiva Jornalista francês se revolta com o PSG e detona Mbappé: “É medíocre”

Jornalista francês se revolta com o PSG e detona Mbappé: “É medíocre”

Time francês depende de si para se classificar na Champions League, mas precisa vencer o Borussia fora de casa

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
mbappe-psg-jornalista

Divulgação / PSG

PUBLICIDADE

O PSG passa por apuros na Champions League e só conseguiu o empate com o Newcastle, jogando em casa, com um pênalti polêmico convertido aos 50 minutos do segundo tempo. Com isso, o jornalista Daniel Riolo, da RMC Sport, um dos mais polêmicos da mídia francesa, desabafou e criticou a equipe.

“Estamos falando da Champions League, não de um jogo do Campeonato Francês contra o Clermont”, detonou o jornalista sobre a partida ruim do PSG. Ele seguiu com críticas ao jovem Bradley Barcola, que foi colocado em campo por Luis Enrique no segundo tempo.

“Barcola não pode se comportar como fez na Champions League. Possui nível da Liga Juvenil. Consegue criar chances, fica sozinho na frente do gol, mas não consegue marcar! Ele perdeu cinco. Não é o Barcola o principal responsável, é o Luis Enrique”, seguiu Daniel Riolo, concluindo:

PUBLICIDADE

“Por que acreditou que um jogador é capaz de jogar na Champions League quando bastava abrir os olhos para ver que ele é um cordeirinho? Um cordeirinho que não sabe nem sair do curral.”

Jornalista detonou Mbappé

Sobre Kylian Mbappé, que marcou o gol do empate batendo pênalti, foi mais um alvo de Daniel Riolo, que o chamou de medíocre.

“Vejo um Mbappé medíocre. Não o vejo tão decisivo como antes. Não o vejo transbordando mais e no um contra um ele está cada vez pior. Tenho a impressão de que o corpo dele mudou um pouco. A parte superior do corpo cresceu muito, não sei se você notou. Não sei se você percebeu”, questionou o jornalista, que seguiu.

“É como se ele tivesse ganhado mais peso nos ombros e nos músculos peitorais e acho que isso o está deixando mais lento. Nos últimos dois jogos da Champions, perdeu duas oportunidades claras. Contra o Newcastle também não acho que tenha ido bem. Ele saía muitas vezes e era pego, e toda vez que saía sofria a falta. Não me pareceu nada extraordinário. Ele cobrou o pênalti, mas cometeu mais erros no jogo.”

PUBLICIDADE