Home Futebol Abel Ferreira não barra e Palmeiras define primeira saída para 2024

Abel Ferreira não barra e Palmeiras define primeira saída para 2024

Clube decidiu que não irá renovar contrato de jogador que perdeu espaço ao longo da temporada

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Abel segue buscando reforços no Palmeiras.

Cesar Greco/Palmeiras

PUBLICIDADE

Além de planejar chegadas no mercado da bola, o Palmeiras iniciou o processo de definir saídas. Segundo o jornalista Rodrigo Fragoso, da TNT Sports, Jailson não seguirá no time alviverde em 2024, martelo que já foi batido nos bastidores. Por conta da contratação de Aníbal Moreno e a ascensão de Fabinho, a presença do volante foi descartada pela diretoria em conjunto com a comissão técnica.

“Embora a sensação já fosse de fim de ciclo há algum tempo, recebi hoje que foi sacramentada a decisão. O volante Jailson não renovará contrato para 2024. É o primeiro nome campeão brasileiro fora dos planos da próxima temporada.”, informou o jornalista.

Vinculado até dezembro, Jailson perdeu espaço no decorrer da temporada. Criticado por torcedores, o camisa 30 contou com a confiança de Abel Ferreira no momento em que assinou com o Palmeiras, mas nunca se consolidou na posição de titular absoluto. Agora, seu destino pode ser o futebol gaúcho, tendo em vista o interesse de Grêmio e Internacional no atleta.

Prioridade do Palmeiras após o fim do Brasileirão

Enquanto trabalha para definir situações ligadas ao elenco, o Palmeiras segue tentando evitar a saída de Abel Ferreira. Alvo do Al-Sadd, o português não cravou o futuro da carreira, mas ainda pode seguir em 2024 para cumprir o vínculo de forma completa.

“Uma coisa o torcedor pode ter certeza: eu desejo que o Abel fique por muito tempo no Palmeiras. E vou fazer o possível e o impossível. Esse é meu desejo, que ele cumpra o contrato. É uma pessoa muito séria, confio muito no nosso treinador”, afirmou Leila Pereira.