Home Mercado da Bola PVC revela duas saídas e quatro reforços no Palmeiras em 2024; veja nomes

PVC revela duas saídas e quatro reforços no Palmeiras em 2024; veja nomes

Jornalista projeta que o Verdão vai com força ao mercado para buscar contratações importantes e fortalecer o elenco

Marcel Rauen
Jornalista esportivo formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente do futebol. No Torcedores desde 2015, escrevo basicamente sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
PVC reforços palmeiras

PVC é jornalista esportivo (Reprodução/YouTube Tomando Uma Com)

PUBLICIDADE

Apesar dos títulos do Brasileirão, do Paulistão e da Supercopa do Brasil em 2023, o Palmeiras foi muito criticado pela falta de reforços contratado neste ano. Porém, o clube dá sinais de que promete mudar a estratégia em 2024. Segundo Paulo Vinícius Coelho, o PVC, o Alviverde vai contratar ao menos quatro novos jogadores para o elenco de Abel Ferreira.

Em participação no programa “De Primeira”, do UOL Esporte, o jornalista esportivo revelou os planos do Verdão sobre chegadas e saídas no elenco para a próxima temporada.

Segundo ele, ao menos dois jogadores deixaram o time de Abel Ferreira, mas outros quatro jogadores deverão chegar para fortalecer o elenco alviverde.

PUBLICIDADE

Artur deve ir para o Zenit-RUS por 18 milhões de euros (R$ 95,6 milhões na cotação atual), pode ter variáveis no meio do caminho. É um jogador que sai, como também o Jaílson sai do Palmeiras“, afirmou o jornalista. Na sequência, PVC falou sobre as chegadas para ‘cobrir’ as despedidas.

O clube entende que vai ter três a quatro reforços além do Aníbal Moreno (volante já contratado), e não quer vender nenhum titular. Pode ter excessão, tipo o Luan (tem proposta do Krasnodar-RUS). Mas só negocia titulares pela multa rescisória ou por uma proposta estratosférica“, explicou PVC.

PVC avalia saída de Artur do Palmeiras

O jornalista ainda explicou o que houve para que diretoria e comissão técnica do Verdão aceitassem a venda do atacante Artur, que havia retornado ao clube nesta temporada, após defender o Red Bull Bragantino.

Tem o problema central que o Artur não entendeu a filosofia do Abel de jogar em mais de uma posição. Ele disse: ‘Eu não consigo jogar como ponta de lança. Eu tenho que jogar de ponta’. E o Abel quer jogador polivalente“, avaliou o jornalista.

PUBLICIDADE

Houve um ruído na comunicação, junto ao declínio técnico do Artur e da proposta do Zenit, que cobre praticamente o dobro do que o Palmeiras pagou“, completou PVC.