Home Futebol Bruno Formiga fala sobre seleção brasileira fora da Olimpíada: “Difícil controlar”

Bruno Formiga fala sobre seleção brasileira fora da Olimpíada: “Difícil controlar”

Seleção brasileira sub-23 foi derrotada pela Argentina e ficou de fora dos jogos olímpicos pela primeira vez depois de 20 anos

André Salem
Jornalista desde 2016, redator do Torcedores.com desde 2022. Apaixonado pelo futebol brasileiro, escrevo principalmente sobre o Brasileirão Série A.
Bruno Formiga fala sobre seleção brasileira fora da Olimpíada: "Difícil controlar"

Endrick em ação pela seleção contra a Argentina (Joilson Marconne/CBF)

PUBLICIDADE

Na noite de ontem (11), a seleção brasileira sub-23 entrou em campo contra a Argentina, precisando apenas de um empate para carimbar a vaga na próxima Olimpíada. Mas, foi derrotado por 1 a 0 e não vai para Paris este ano.

Atual bicampeão da competição, o Brasil buscava o tricampeonato e era um dos favoritos ao título.

Bruno Formiga fala em falta de intensidade da seleção brasileira

Em sua rede social, o jornalista Bruno Formiga, da TNT Sports, opinou sobre essa campanha ruim da seleção sub-23.

PUBLICIDADE

Para Formiga, talvez o fato dos garotos serem cobrados muito cedo, disputando competição importantes como profissionais, acabam não dando a devida atenção para os torneios de base.

“Acho que tem um ponto que precisa ser levado em consideração sobre a seleção olímpica: os moleques estão cada vez mais prontos ainda muito jovens. São cobranças e pressões de gente grande muito cedo nos clubes. Não sei o grau de intensidade que eles entram nesses torneios “de base”. Difícil medir. E difícil controlar”, escreveu o jornalista.

Veja abaixo:

Fora da competição depois de 20 anos

Ouro em 2016 e 2020, o Brasil iria chegar como um dos favoritos em Paris, mas isso não vai acontecer. A seleção ficou de fora das Olimpíadas, algo que não acontecia desde 2004.

Na época, os jogos foram disputados em Atenas, na Grécia. E o Brasil também perdeu para o Paraguai e Argentina no pré-olímpico, assim como aconteceu este ano.

PUBLICIDADE

Em 2004, o ouro ficou com a Argentina, que vai disputar as Olimpíadas e pode repetir as coincidências de 20 anos atrás.

Com a seleção brasileira fora, Paraguai e Argentina vão ser os representantes da América do Sul na competição.