Home Futebol Palmeiras encara Mirassol, algoz de goleada histórica no Paulistão

Palmeiras encara Mirassol, algoz de goleada histórica no Paulistão

Verdão enfrenta um velho conhecido podendo se classificar de forma antecipada às quartas de final do Campeonato Paulista

André Salem
Jornalista desde 2016, redator do Torcedores.com desde 2022. Apaixonado pelo futebol brasileiro, escrevo principalmente sobre o Brasileirão Série A.
Palmeiras encara Mirassol, algoz de goleada histórica no Paulistão

Mirassol e Palmeiras em 2013 (Divulgação/Mirassol)

Na noite de hoje (24), o Palmeiras enfrenta o Mirassol, em casa, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Paulista.

PUBLICIDADE

Se vencer e a Ponte Preta não vencer o seu jogo (empatar ou perder), o Verdão já se classifica de forma antecipada para o mata-mata da competição estadual. Além disso, se vencer e o Santos tropeçar (empatar ou perder), o Alviverde assume a liderança na classificação geral do Paulistão.

O Verdão quer retomar o caminho das vitórias após empatar com o Corinthians, na última rodada. Vale destacar que o Palmeiras ainda está invicto na temporada.

PUBLICIDADE

O duelo será neste sábado (24), às 18h (de Brasília), na Arena Barueri, já que o Allianz Parque segue reformando.

Adversário não traz boas recordações ao Palmeiras

Todo palmeirense lembra do encontro entre as duas equipes pelo Paulistão de 2013. Na ocasião, o Alviverde vivia um momento bem diferente do atual.

O time estava na Série B do Brasileirão e não tinha um elenco muito valiosos. Mas, claro, era favorito, já que do outro lado estava o modesto Mirassol, que acabou rebaixado naquele Paulistão.

Então, de forma surpreendente, o Palmeiras foi goleado por 6 a 2. Curiosamente, os oito gols do jogo saíram no primeiro tempo. Algo muito raro de acontecer.

PUBLICIDADE

Até hoje, os torcedores do Mirassol tiram sarro dos palmeirenses por causa deste jogo.

Naquele dia, o Palmeiras era comandado por Gilson Kleina e tinha em campo: Prass; Weldinho (Ayrton), André Luiz, Marcos Vinícius e Juninho; Márcio Araújo, Léo Gago (João Denoni), Charles (Ronny) e Wesley; Leandro e Caio.

Já o Mirassol, entrou em campo com: Gustavo; Pio (Mineiro), Augusto, Gian e Diogo; Alex Silva, Camilo e Leomir; André Luís (Medina), Caion e Tiago Luís (Felipe Lima). Técnico: Ivan Baitello.