Home Futebol Al-Hilal derrota Damac e mantém sequência de vitórias no Campeonato Saudita

Al-Hilal derrota Damac e mantém sequência de vitórias no Campeonato Saudita

Equipe de Jorge Jesus esteve perto de ceder o empate, porém, conseguiu marcar nos acréscimos e vencer por 2 a 1

William Nunes
William Nunes é um redator que atua há dois anos cobrindo futebol internaciol, com ênfase em clubes da Inglaterra, Espanha e Alemanha, sendo eles: Manchester United, City, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Bayern de Munique, Barcelona e Real Madrid. Graduado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul em 2019. Atualmente no Torcedores.com.
Mitrovic, do Al-Hilal, disputa a bola com os defensores do Damac

Mitrovic, do Al-Hilal, disputa a bola com os defensores do Damac (Reprodução/X/Al-Hilal)

Neste sábado, a bola voltou a rolar pelo Campeonato Saudita, ou Saudistão, como é chamado por alguns. O Al-Hilal de Jorge Jesus recebeu em seu estádio o Damac em uma partida importante para os atuais líderes da competição.

PUBLICIDADE

De um lado, o Al-Hilal veio para a partida disposto a se esforçar para vencer mais uma partida na temporada. O time comandado por Jorge Jesus atingiu recentemente um recorde de vitórias consecutivas no futebol e, contra o Damac, tinha tudo para aumentar ainda mais a marca.

Já do outro lado, o Damac está na sexta colocação e tem como missão entrar no G-4 da competição, brigando de igual para igual com os clubes “ricos” da liga, que receberam financiamento para suas contratações na atual temporada.

PUBLICIDADE

Como foi o jogo entre Al-Hilal e Damac pelo Campeonato Saudita?

A partida começou com o Al-Hilal pressionando no ataque, sem deixar o adversário respirar. Logo aos 3 minutos, o time de Jorge Jesus já teve sua primeira oportunidade. A bola foi levantada na área no escanteio e Milinkovic-Savic desviou de cabeça, mandando para a esquerda do gol.

Como reação diante da pressão ofensiva do adversário, o Damac apostava nas saídas em contra-ataques, tentando pegar o Al-Hilal desprevenido.

Aos 23 minutos, o brasileiro Malcom teve a sua oportunidade. Ele recebeu na frente da área e mandou dali mesmo, com Zeghba espalmando para longe.

Já aos 34 minutos, foi a vez do centroavante Mitrovic tentar. O sérvio chutou forte de fora da área, mas a bola ficou nas mãos do goleiro adversário.

PUBLICIDADE

Apesar do volume de jogo, o Al-Hilal criava poucas oportunidades, facilitando para o goleiro adversário, que pouco participava da partida.

Já o Damac respondeu aos 40 minutos. Em cobrança de falta, N’Koudou bateu direto para o gol e o goleiro Bono espalmou por cima do gol.

Na segunda etapa, o Al-Hilal se manteve no ataque, buscando desesperadamente um gol. Aos 6 minutos, a bola foi levantada na área e Mitrovic apareceu para cabecear, mandando por cima do gol.

O time se manteve no campo de ataque e foi recompensado por isso aos 23 minutos, quando teve um pênalti marcado ao seu fator. Apesar disso, o árbitro analisou a cobrança no VAR e a anulou, para a decepção dos torcedores presentes no estádio.

PUBLICIDADE

Dez minutos depois, o Al-Hilal se recuperou da decepção do pênalti finalmente marcando o seu primeiro gol. No cruzamento de Milinkovic-Savic, Aldawsari chutou forte, acertando o canto esquerdo e vencendo o goleiro, 1 a 0.

Quando a partida se encaminhava para uma vitória do Al-Hilal, o Damac reagiu nos minutos finais. Após cruzamento do lado esquerdo, Antolic apareceu livre e marcou o seu, empatando o jogo em 1 a 1.

Logo em seguida, o Damac teve um jogador expulso, dando uma vantagem extra para o Al-Hilal nos minutos finais. E o time de Jorge Jesus aproveitou. Aos 48 minutos, após cruzamento na área, Michael apareceu livre para cabecear no canto direito, colocando a equipe em vantagem novamente, 2 a 1.

Não deu tempo para mais nada e a equipe garantiu a vitória por 2 a 1, ampliando para 29 a sequência de triunfos, um recorde mundial.

PUBLICIDADE