Home Futebol Comentarista diz que Mbappé tinha de ter saído do PSG “há dois anos”

Comentarista diz que Mbappé tinha de ter saído do PSG “há dois anos”

Um dos principais nomes da mídia esportiva francesa defendeu que o atacante deveria ter deixado o clube rumo ao Real Madrid antes

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Mbappé, companheiros de PSG

Mbappé no PSG (Divulgação / PSG)

O atacante Kylian Mbappé deve deixar o Paris Saint-Germain no fim da temporada, em junho deste ano, para enfim rumar ao Real Madrid. Enquanto os franceses têm criticado a decisão do jogador, o comentarista Stéphane Guy, da RMC Sport, um dos principais nomes da mídia esportiva francesa, defendeu a saída do atleta.

PUBLICIDADE

Segundo o comentarista, a permanência de Mbappé no PSG foi apenas pelo dinheiro e não trouxe nenhum ganho esportivo.

“A única linha de leitura adequada ao futebol é o dinheiro, portanto a extensão de contrato de Kylian Mbappé com o PSG tem apenas um fonte, é o contrato incrível que ele assinou”, disse Guy na RMC Sport sobre Mbappé ter permanecido no clube.

PUBLICIDADE

“Ele era o atleta mais bem pago do mundo. A partir daí já não há debate, sabemos porque é que ele prolongou o contrato com o PSG, está claramente identificado e a sua mãe o confirmou muito bem no documento”, seguiu o comentarista.

Saída tardia para o Real Madrid

Guy cravou que o lugar ideal para Mbappé é mesmo o Real Madrid e que a saída do atacante deveria ter ocorrido há dois anos.

“Noto muito simplesmente que não vejo a evolução de Mbappé há dois anos”, criticou o comentarista sobre o jogador e sua permanência no PSG.

“Enquanto ele poderia ter assinado pelo Real Madrid há dois anos e ter brigado por títulos, esta oferta foi recusada por razões de ego e dinheiro.

PUBLICIDADE

Adoro ele e digo que é essencial, gosto de vê-lo jogar, mas a carreira dele não deu um novo rumo nos últimos anos, ao passo que, na minha opinião, teria dado um novo momento se ele tivesse assinado pelo Real Madrid. Não acredito que, ao mesmo tempo, o PSG tenha explorado ao máximo a sua pepita de ouro que é Mbappé.”