Home Futebol Juca Kfouri vai na contramão e detona Leila Pereira, presidente do Palmeiras: “Marketing”

Juca Kfouri vai na contramão e detona Leila Pereira, presidente do Palmeiras: “Marketing”

Comentarista elogiou fala, mas disse que a mandatária do Verdão também comete erros e é “sequiosa por marketing”

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Leila Pereira, Palmeiras

Leila Pereira em coletiva no CT do Palmeiras (Cesar Greco / Agência Palmeiras)

A presidente do Palmeiras, Leila Pereira, tem sido elogiada por suas falas como chefe de delegação da CBF sobre os casos criminosos de Robinho e Daniel Alves. Porém, o comentarista Juca Kfouri, em sua coluna no UOL Esporte, foi na contramão e detonou a mandatária do Verdão.

PUBLICIDADE

Segundo ele, Leila é “sequiosa por marketing” e por isso se rendeu a aceitar o convite da CBF para chefiar a delegação.

“Leila Pereira é tão sequiosa por marketing que até aceitou ser submetida ao trote que, talvez, caiba entre jogadores calouros na Seleção Brasileira, nunca para quem deveria comandá-los, porque há uma liturgia a ser respeitada. Subir numa cadeira e cantar Emoções não pega bem”, ironizou Juca Kfouri sobre Leila Pereira.

PUBLICIDADE

Juca Kfouri questionou riqueza de Leila

Dona da Crefisa e da Faculdade das Américas, a FAM, Leila Pereira é uma das mulheres mais ricas do Brasil e paga um dos maiores patrocínios do país ao Palmeiras, clube que preside. Para Juca Kfouri, a maneira como a presidente do Verdão ficou bilionária é “questionável”.

“Deve-se reparar, porém, em dois aspectos que não podem ser esquecidos em se tratando de quem se trata, alguém que ficou bilionária à custa de juros extorsivos tomados, em regra, de aposentados, mulheres e homens (…) Como não se pode esquecer que, por dever de coerência, quem diz pensar como disse a cartola alviverde jamais deveria aceitar chefiar delegação da CBF, entidade cujo presidente responde a processo por assédio movido por ex-diretora da entidade”, deixou claro Juca Kfouri em sua publicação sobre Leila.

Leila Pereira, na quinta-feira, após Daniel Alves conseguir liberdade provisória após ser condenado por estupro e após Robinho ter homologada sua prisão, disse em entrevista ao UOL que crimes como estes são “um tapa na cara das mulheres”.