Home Extracampo Augusto Melo e Rubão já não têm boa relação no Corinthians

Augusto Melo e Rubão já não têm boa relação no Corinthians

Diretor de futebol do Timão tem seu futuro no clube indefinido por conta de problemas com o atual presidente alvinegro

Flavio Souza
Formado em Gestão de TI e cursando Jornalismo. Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral, ingressando em dezembro de 2018 no site Torcedores.com, onde atualmente exerço função de Colaborador Sênior. Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo. Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.
Augusto Melo e Rubens Gomes, Rubão, presidente e diretor do Corinthians, respectivamente

Augusto Melo (( ZUMA Press, Inc. / Alamy Stock Photo )) Rubão (( Sipa US / Alamy Stock Photo ))

Rubens Gomes, o Rubão, vive seu pior momento no Corinthians. Conforme apuração inicial do portal Meu Timão, o dirigente perdeu espaço no clube, sendo questionado inclusive por Augusto Melo, presidente alvinegro.

PUBLICIDADE

O diretor de futebol, que foi um dos principais personagens na campanha política da atual gestão do Timão, se encontra afastado do mandatário. As informações são de que ambos estão evitando participar de reuniões ou eventos em conjunto, um cenário muito diferente da época eleitoral.

Inclusive não está descartada a saída de Rubens Gomes do seu cargo, justamente por estar nessa situação com Augusto Melo, que parece não ter chance de ser resolvida.

PUBLICIDADE

Esse fato foi inclusive citado pelo presidente nesta quinta-feira, durante sua participação no programa “Donos da Bola” da Band.

“Ao contrário do que dizem, sempre deixei claro que abrimos as portas do Corinthians. Queremos que o Corinthians seja protagonista em tudo. Queremos todos trabalhando, ambiente bom. E de repente tem coisas ao contrário do que acontecem, muito fogo amigo. Não existe nada disso. Rubão é diretor estatutário, vem com a gente desde a campanha e já tentávamos um executivo, conseguimos o Fabinho. Rubão ficou na parte estatutária. Quem fala de mercado é o diretor executivo, atualizado, sabe como funciona. Rubão é boa pessoa, nos ajudou muito na campanha, mas hoje está só na parte estatutária. Eu não converso com empresário, quem conversa é o executivo. Minha secretária tem a ordem de falar com o executivo de futebol”.

Rubens Gomes com menos espaço no Timão

Rubão foi presença frequente nas coletivas de imprensa no começo da gestão de Augusto Melo. O dirigente inclusive foi autor da polêmica frase “acabou a farra de Palmeiras e Flamengo”, afirmando que o Corinthians iria “brigar de igual para igual” com os times citados.

Esse foi apenas um dos episódios do diretor de futebol, que sempre chamou atenção por suas falas fortes nos microfones, conversas com jogadores e também nas redes sociais.

PUBLICIDADE

Rubão inclusive perdeu espaço no Corinthians desde a chegada de Fabinho Soldado, novo executivo de futebol, e Fernando Alba, diretor adjunto.

Impacto no elenco?

Por hora, a situação de bastidores não teve repercussão no Corinthians em relação ao time profissional. As informações internas são de que atletas, comissão técnica, estafe e demais pessoas envolvidas no futebol do Timão não estão sendo afetadas por essa crise entre os dois dirigentes.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial