Home Futebol Casagrande “ignora” Tite e crava técnico que “engoliu” rival nos campeonatos estaduais

Casagrande “ignora” Tite e crava técnico que “engoliu” rival nos campeonatos estaduais

Comentarista da Record TV analisa clássico paulista e aponta destaque no duelo de treinadores na busca por título estadual

Marcel Rauen
Jornalista esportivo formado na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Fã e praticante de esportes em geral, mas principalmente do futebol. No Torcedores desde 2015, escrevo basicamente sobre o dia a dia dos clubes brasileiros e sobre a mídia esportiva
casagrande

Casagrande durante entrevista ao programa "Apito Final" (Reprodução - Band - YouTube)

A maioria dos campeonatos estaduais no Brasil estão em sua reta final e no Rio de janeiro, por exemplo, o Flamengo nadou de braçadas com uma vitória por 3 a 0 sobre o Nova Iguaçu, encaminhando o título do Cariocão. Mas na opinião de Casagrande, Tite não foi o destaque entre os técnicos no fim de semana.

PUBLICIDADE

Para o comentarista, quem “engoliu” o adversário taticamente no último final de semana foi Fábio Carille, comandante do Santos que derrotou o Palmeiras, de Abel Ferreira, por 1 a 0, no jogo de ida da decisão do Paulistão.

“Carille engoliu Abel na Vila. O Santos mereceu vencer o Palmeiras.” Foi com esse título que Casagrande abriu sua coluna no UOL Esporte desta segunda-feira (1º).

PUBLICIDADE

Para exemplificar o domínio do treinador do Peixe sobre o time do português atual bicampeão paulista e brasileiro, Casagrande citou o “sumiço” de Raphael Veiga, um dos melhores jogadores do Verdão.

“Todos os setores se destacaram nessa partida como Joaquim e Gil, que não deram chance para o artilheiro do campeonato, Flaco López, e nem para o genial garoto Endrick. João Schmidt, Pituca e Giuliano dominaram o meio campo, não deixando nenhum espaço para Raphael Veiga pegar na bola – ele simplesmente ficou sumido!”, avaliou Casão.

Em seguida, o comentarista analisou a excelente vitória santista que dá ao time de Carille a vantagem de empatar no Allianz Parque, no próximo domingo (7) para ficar com o título do Paulistão 2024.

“O Santos venceu com todo mérito. A Vila Belmiro estava linda, lotada, com a torcida dando um grande espetáculo. O início de 2024 está sendo incrível para o Santos Futebol Clube, independentemente se conseguir ser campeão paulista ou não. Comissão técnica, jogadores, torcedores, todos unidos com o mesmo pensamento de colocar o Santos no seu devido lugar, que é na elite do futebol brasileiro. A torcida santista se inflama porque olha para campo e vê homens jogadores honrando a camisa histórica do Peixe com dedicação, garra e muito respeito. Agora, terá uma semana para se preparar para tentar conseguir um feito espetacular, que é ganhar o título paulista”, finalizou Casagrande.

PUBLICIDADE

Casagrande elege Carille o melhor técnico do Paulistão 2024

Além dos elogios citados anteriormente ao Santos, o comentarista também já se antecipou ao final do Paulistão e cravou Carlle como o melhor treinador do certame deste ano.

“Carille está fazendo um início de trabalho espetacular no Santos, recuperando a autoestima do clube e de seus torcedores. Chegou no pior momento da história do Peixe, com o rebaixamento de 2023 para a série B, mas montou uma equipe comprometida e levou o time à final do campeonato”, destacou Casagrande.

“Independentemente de quem for campeão, Carille é, na minha opinião, o técnico do Paulistão 2024”, acrescentou o ex-jogador, que ainda explicou porque Abel Ferreira não foi seu escolhido.

“Abel é o treinador com mais tempo em um clube brasileiro e também o maior vencedor dos últimos anos. Tem seu elenco na mão, com total conhecimento da capacidade de cada jogador”, pontuou.

PUBLICIDADE