Home Futebol Mauro Cezar revela ambiente do Flamengo com Tite após “caos” de Sampaoli

Mauro Cezar revela ambiente do Flamengo com Tite após “caos” de Sampaoli

Jornalista também fez cobrança para evolução do trabalho à frente do time carioca

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Tite.

Tite, treinador do Flamengo (Pedro H. Tesch - Getty Images)

Apesar das críticas direcionadas ao desempenho do Flamengo, Tite segue 100% respaldado nos bastidores. De acordo com Mauro Cezar Pereira, os jogadores possuem um forte apreço pelo treinador e nenhum problema de relacionamento foi notado. Neste contexto, o ambiente é diferente em relação ao período em que Jorge Sampaoli esteve no comando do clube.

PUBLICIDADE

“Eu falei com uma pessoa do clube e perguntei: ‘Como é o ambiente? O do Sampaoli era péssimo’. Esse cara confirmou que era um lixo. É muito bom (com o Tite). Não tem problema nenhum com os jogadores. Os caras se entendem, gostam dele e ouvem. Pode ter um ou outro que torce o nariz por não estar jogando, mas não tem problema nenhum, segundo o que essa fonte me passou.”, disse Mauro Cezar, no programa Bate-Pronto, da Jovem Pan.

Sobre o rendimento do Flamengo, Mauro Cezar considera que Luiz Araújo está sendo injustiçado pelos torcedores. Isso porque o atacante, mesmo errando em alguns lances, não se esconde do jogo.

PUBLICIDADE

“Alguns jogadores acabam sendo criticados. Reclamam do Luiz Araújo, o único que chuta no gol. Pelo menos ele tenta.”, analisou.

Mauro Cezar cobra mudança no Flamengo

Sem apresentar um bom futebol nos últimos jogos, o Flamengo se encontra em estado de alerta. Como o elenco possui atletas de extrema qualidade, Mauro Cezar considera que Tite deve privilegiar o meio-campo e não explorar, de forma descontrolada, o jogo pelas pontas.

“Essa cobrança de ‘Fora, Tite’ é maluquice, não tem o menor sentido. A vontade de uma equipe de futebol não é linear, às vezes tem acidentes de percurso e estratégias que não funcionam, e tem que mudar. A conversa com o Tite é que está jogando no 4-3-3, o time está cruzando muita bola e não tá criando.”

“Eu acho que o Flamengo tem que ter um meio-campo mais cheio e mais criação. Tá com muito jogo pelas pontas e cruzamentos.”, sinalizou.

PUBLICIDADE