Home Futebol Neto ‘esquece’ Gómez e crava melhor zagueiro do futebol brasileiro

Neto ‘esquece’ Gómez e crava melhor zagueiro do futebol brasileiro

Ex-jogador vê atleta do Verdão ainda devendo neste início de temporada e elogiou nome que recentemente foi acionado para seleção

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Neto, ex-jogador

Neto apresenta "Os Donos da Bola" de segunda à sexta (Reprodução - YouTube - Band)

Titular absoluto na sólida defesa do Flamengo, o zagueiro Fabrício Bruno foi exaltado pelo apresentador Neto no programa “Apito Final” deste domingo (21). Durante a atração esportiva da Band, o comentarista elencou pontos que credenciam o defensor rubro-negro ser o melhor do país em sua posição.

PUBLICIDADE

Ao chamar o repórter da Bandeirantes em Curitiba, tendo elogiado Thiago Heleno, do Athletico-PR, como um dos melhores do país, Neto foi enfático ao exaltar o atleta do Flamengo, recentemente convocado por Dorival Júnior para defender a seleção brasileira na última Data Fifa.

“O Thiago Heleno é um dos melhores zagueiros do país, mas pra mim, o Fabrício Bruno, do Flamengo, é o melhor zagueiro do futebol brasileiro. Ninguém é melhor do que ele. Ninguém é mais rápido do que ele, e cabeceia igual ele”, avaliou Neto.

PUBLICIDADE

Titular nos confrontos do Brasil contra Inglaterra e Espanha, Fabrício Bruno se consolidou de vez como nome forte na defesa do Flamengo. Em 2024, o atleta de 28 anos computa 15 compromissos pelo rubro-negro carioca. Neste recorte, o time da Gávea só foi vazado em três oportunidades. Entre os 20 clubes da elite, o Mais Querido ostenta o menor número de gols sofridos no ano.

Neto exalta dupla do Atlético-MG

Em outro momento do “Apito Final”, Neto voltou a classificar que Hulk e Paulinho é a melhor dupla ofensiva do país na atualidade. Na visão do ex-jogador, os dois atletas sobram em relação aos demais em termos de parceria.

Na atual temporada, dos 32 gols anotados pelo Galo, em 17 jogos realizados, os dois jogadores participaram de 20 tentos. Paulinho aparece com seis gols e duas assistências, enquanto o camisa 7 marcou sete vezes e deu cinco passes.