Home Futebol Nicola abre o jogo sobre Moscardo fora da lista do Corinthians na Sul-Americana

Nicola abre o jogo sobre Moscardo fora da lista do Corinthians na Sul-Americana

Volante está emprestado ao Timão após problema físico e deve ser liberado ao PSG em breve

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Gabriel Moscardo

Gabriel Moscardo durante treinamento em 2023 com o Corinthians (Créditos: Rodrigo Coca/Corinthians)

Gabriel Moscardo tinha venda encaminhada no início de janeiro para reforçar o PSG, mas uma pequena fissura no calcanhar fez com que o time francês o encaminhasse para uma cirurgia. No meio a um impasse entre os clubes, o volante está emprestado ao Corinthians até junho e não foi registrado pela Sul-Americana, jornalista Jorge Nicola explica os motivos.

PUBLICIDADE

Nicola comenta situação do Moscardo no Corinthians

Durante vídeo publicado no seu canal de YouTube, o jornalista esportivo comentou o motivo que fez Gabriel Moscardo ficar de fora da lista da Sul-Americana do Corinthians, afirmando: “Moscardo emprestado ao Corinthians até a metade do ano, não foi inscrito por opção Alvinegra para a Sul-Americana. O Corinthians estreia nessa semana contra o Racing de Uruguay”.

Segundo Nicola, existia expectativa por parte dos torcedores, pois o volante está completamente recuperado da lesão e em julho chegará de vez ao PSG. Entretanto, a comissão técnica de António Oliveira acredita que seria melhor não relacioná-lo e encontrar opções dentro do elenco, visando a saída do jogador em dois meses.

PUBLICIDADE

O jornalista deu detalhes sobre a situação contratual de Moscardo, afirmando: “Moscardo está emprestado até 30 de junho e foi vendido por um valor muito bom. Uma das principais vendas do futebol brasileiro na temporada de 2024″. Portanto, Nicola aponta que o Corinthians registrou como volantes: Breno Bidon, Fausto Vera, Paulinho e Raniele”.

Vale lembrar que Moscardo foi vendido ao Paris Saint-Germain por 20 milhões de euros, ou seja, próximo a R$100 milhões. Sem participar na Sul-Americana, o meio-campista deve ser acionado pelo técnico António Oliveira apenas nas 15 primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro até sua saída definitiva. Questionado anteriormente, o técnico português já comentou o seu desejo de utilizar o atleta até o fim do empréstimo.