Home Futebol Palmeiras x Santos: Vessoni ironiza braço de Gómez em Guilherme

Palmeiras x Santos: Vessoni ironiza braço de Gómez em Guilherme

Em publicação nas redes sociais, jornalista analisou lance entre zagueiro do Verdão e atacante do Peixe na final do Paulistão

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Gustavo Gómez

Gustavo Gómez em partida entre o Palmeiras x Santos (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras/by Canon)

Palmeiras x Santos continua rendendo, principalmente por reclamações de arbitragem. Entre análises sobre o pênalti sofrido por Endrick, outro dos momentos que foram questionados foi uma jogada envolvendo Gustavo Gómez e Guilherme. O jornalista Vessoni foi um dos que mais reclamou, indicando também outro lance em que a mesma equipe de arbitragem teria errado em jogo do Corinthians.

PUBLICIDADE

Vessoni critica decisão de árbitro em jogada de Gómez e Guilherme em Palmeiras x Santos

Através de publicação na sua conta no X, antigo Twitter, o jornalista esportivo publicou um vídeo de um lance envolvendo Gustavo Gómez e Guilherme. Na jogada, o zagueiro do Palmeiras se propulsiona em jogada aérea e acerta uma cotovelada na nuca do atacante do Peixe, em lance que poderia ter rendido cartão vermelho.

Vessoni escreveu: “Nome: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral. Função: VAR. Corinthians x SPFC: Olhos de ince para achar o braço esticado de Caetano em Luciando, quando quase 50 mil pessoas não tinham visto (incluindo os atletas). Palmeiras x Santos: bem…. rs”. Na publicação está um vídeo de ambos os lances e recebeu apoio dos torcedores na sua declaração.

PUBLICIDADE

Além de Vessoni, outros personagens da mídia esportiva se mostraram críticos a algumas decisões da arbitragem. Principalmente no lance envolvendo Endrick. Na ocasião, o jogador recebeu uma falta de João Paulo após cobrança de tiro de meta e o pênalti foi assinalado.

Entretanto, apesar da falta, a mídia esportiva relembrou que o VAR não poderia intervir em lances de reinício de jogo, como foi no caso.

Já que Raphael Claus não julgou a decisão no gramado e teve que ser chamado pelo árbitro de vídeo, na opinião do jornalismo esportivo, o lance poderia ter sido irregular.

Após o empate no Allianz Parque, o Palmeiras teve seu gol do título em lance envolvendo Piquerez, Flaco López e tento de Aníbal Moreno para sua 26⁠ª conquista do Paulistão.

PUBLICIDADE