Home Futebol Mauro Cezar dispara sobre saída de Cássio do Corinthians: “Não dá para admitir”

Mauro Cezar dispara sobre saída de Cássio do Corinthians: “Não dá para admitir”

Goleiro pode sair deixar do Timão rumo ao Cruzeiro após ter se tornado reserva de Carlos Miguel na equipe

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Cássio, Corinthians

Cássio em ação na derrota do Corinthians para o Argentinos Juniors (Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O Corinthians está perto de perder Cássio, que tem acerto encaminhado com o Cruzeiro, segundo o UOL, e resta apenas a liberação do próprio Timão. Mauro Cezar Pereira, em participação no UOL News Esporte, criticou a situação que pode levar o ídolo à saída.

PUBLICIDADE

Para o jornalista, Cássio se tornou “bode expiatório” no Corinthians e está cansado do que tem passado no clube paulista.

“Ele está na reserva, virou bode expiatório de boa parte das coisas ruins que acontecem no time do Corinthians, estoura em cima do Cássio. Então, ele parece que está cansado, o Cruzeiro agora deve ter investimentos e tudo, pode ter um time mais interessante para ele jogar, mudança de ares, é normal que ele queira sair”, destacou Mauro Cezar.

PUBLICIDADE

Para o comentarista, o goleiro deveria ser melhor tratado pelo clube e liberar o atleta desta forma “não dá para admitir”.

“Agora, não dá para você tratar assim, mesmo que alguém pense: ‘Ah, o Cássio indo embora até bom, temos um goleiro mais jovem, alivia a folha de pagamento, há até um desgaste’, mas como é que você admite isso? Não dá para admitir isso. Então, algum gesto pode ser feito para parecer pelo menos que querem a permanência do Cássio.”

Mauro Cezar não tem certeza se o Corinthians quer a permanência de Cássio

O jornalista questionou o posicionamento do Timão em meio à ida de Cássio para o Cruzeiro e levantou a possibilidade de o clube não querer sua permanência.

“Olha, eu não sei se o Corinthians de fato quer que ele fique. Será que quer? Algum gesto tem que fazer, para pelo menos parecer que quer que ele fique”, apontou Mauro Cezar, que concluiu.

PUBLICIDADE

“Jamais saberemos a verdade, o que está dentro da cabeça das pessoas a gente não vai saber, ninguém vai passar esse recibo de desprezar um ídolo, ainda mais um ídolo como o Cássio.”