Home Futebol Rivellino descarta possível campeão do Brasileirão Série A: “Muito difícil”

Rivellino descarta possível campeão do Brasileirão Série A: “Muito difícil”

Ex-jogador apontou competição que deve ser priorizada para que jejum de títulos seja encerrado

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Rivellino.

Rivellino, ídolo de Corinthians e Fluminense (Reprodução)

Embora o Corinthians esteja beirando o Z-4 do Brasileirão, Rivellino vê com bons olhos priorizar outra disputa. Levando em conta que a Sul-Americana possui menos concorrentes de peso, o ídolo do Timão, caso estivesse em uma posição de comando, daria preferência ao torneio continental. Neste cenário, sem tantos oponentes poderosos, o jejum de títulos, que dura desde 2019, poderia ser encerrado.

PUBLICIDADE

Em 2023, Rivellino indicou que o Corinthians precisava priorizar o Brasileirão. Porém, como o campeonato está no início e o clube pode abrir uma boa margem do Z-4, o ex-jogador enxerga uma conquista bastante possível na Sul-Americana.

“Se eu sou a diretoria do Corinthians, eu priorizava a Sul-Americana. Eu acho muito difícil o Brasileirão. Ser campeão é muito difícil. Começou agora (o campeonato). No ano passado eu falei (para priorizar o Brasileirão) para não cair, estava propenso a cair. Pode se tornar forte e ir lá pra frente, mas eu vejo mais fácil (um título) se priorizar a Sul-Americana.”, disse Rivellino, no Cartão Verde, da TV Cultura.

PUBLICIDADE

“É delicada (a situação). Tem o Botafogo no final de semana, tem que ganhar. É outra parada.”, alertou Arnaldo Ribeiro.

Em relação ao fim da trajetória de Paulinho no Corinthians, Rivellino valorizou a decisão do jogador. Como a imagem de ídolo do volante segue intacta, houve uma sinalização de encerramento digno.

“O Paulinho sentiu que era o momento. É melhor sair assim do que de outro jeito. Foi perfeito. Ele até declarou que não pensou em encerrar. Saiu no momento certo, foi um grande jogador.”, opinou.

Rivellino lamenta saída sem despedida no Corinthians

Importante enquanto esteve em campo, Gil deixou o Corinthians sem uma despedida. Diante disso, Rivellino considera que o zagueiro, atualmente no Santos, merecia uma homenagem do Timão.

PUBLICIDADE

“Outro que merecia ter uma despedida era o Gil, que fazia parte da turma.”, afirmou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial