Home Futebol Rodrigo Mattos adverte Fernando Diniz sobre necessidade de mudar comportamento

Rodrigo Mattos adverte Fernando Diniz sobre necessidade de mudar comportamento

Técnico do Fluminense foi expulso em partida contra o São Paulo após xingar Luciano

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Fernando Diniz

Fernando Diniz em treino do Fluminense (FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)

Fernando Diniz foi protagonista de um comportamento mais aquecido à beira do campo na última segunda-feira (13), quando o Fluminense foi derrotado pelo São Paulo, por 2 a 1, pelo Brasileirão, no Morumbis. O assunto foi abordado pelo comentarista Rodrigo Mattos, durante o Cartão Vermelho, do UOL.

PUBLICIDADE

Para o comunicador, a tensão no Tricolor do Rio de Janeiro pode causar um impacto negativo na campanha do Fluminense.

“Fico com a impressão de que ele é um personagem tipo o médico e o monstro. Porque, assim, ele é uma pessoa gentilíssima fora do ambiente do futebol, é uma pessoa aberta a conversar, é até contraditório. E quando ele chega em volta do campo, e isso não é de agora, ele realmente tem um comportamento irascível”.

PUBLICIDADE

Rodrigo ainda analisou o relacionamento entre Fernando Diniz e o seu elenco. Segundo o jornalista, o técnico pode estar sob pressão, o que influencia diretamente em seu comportamento e em resultados. Vale destacar que o Fluminense teve um início de ano ruim.

“A questão disciplinar do técnico é mais pesada do que nos jogadores, mas eu acho que o Fernando Diniz já era para ter trabalhado porque não dá para ter esse comportamento em volta do campo”.

Outros incidentes com Fernando Diniz

A última polêmica de Fernando Diniz teve o seu início quando Manoel solicitou atendimento médico no jogo contra o São Paulo. Luciano, da equipe paulistana, tentou cobrar o lateral, o que não agradou ao técnico do Fluminense. Houve discussão e Diniz acabou punido com um cartão vermelho.

O jornalista Juca Kfouri também participou do programa, relembrando um incidente parecido com Tchê Tchê, do Botafogo, no ano passado

PUBLICIDADE