Home Futebol Sormani critica jogador do Santos após vitória na Série B

Sormani critica jogador do Santos após vitória na Série B

Jornalista gostaria de ter visto outro atleta em campo pelo Peixe e questionou a escolha do técnico Fábio Carille

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Patrick, Santos

Patrick em ação em Ponte Preta x Santos (Raul Baretta/ Santos FC)

Fábio Sormani utilizou seu X (antigo Twitter) para criticar a entrada do meio-campista Patrick no time do Santos na primeira etapa da partida contra a Ponte Preta, na quarta-feira (15), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

PUBLICIDADE

Para ele, a escolha ideal de Fábio Carille para a vaga de Guilherme, que deixou o campo lesionado aos 37 minutos, seria a entrada de Weslley Patati, jogador de velocidade, para manter a possibilidade de contra-ataque para o Santos.

“Santos começou mal, mas depois do gol se encontrou. Só não entendi por que o Patrick e não o Patati”, questionou Fábio Sormani, que seguiu.

PUBLICIDADE

“Era só passar o Otero para a esquerda. Com isso o Santos perdeu o contra-ataque.”

Pedido por Sormani, Patati só entrou no segundo tempo

Quando o Santos já vencia a partida por 2 a 1, Fábio Carille colocou Weslley Patati em campo, como foi citado por Sormani em suas redes sociais. O jovem do Peixe entrou na vaga de Rómulo Otero aos 23 minutos do segundo tempo.

Patrick esteve em campo pelo Santos durante 53 minutos de partida e teve 35 ações com a bola, segundo o Sofascore, em Ponte Preta 1 x 2 Santos. Foram 21 passes certos em 26 tentativas, com 81% de acertos. Ele errou dois cruzamentos e acertou uma bola longa na partida.

Patrick errou o único drible que tentou no jogo, além de ter perdido todos os três duelos aéreos da partida. Patrick ainda perdeu a posse de bola oito vezes e desarmou dois jogadores da Ponte Preta. O jogador terminou a partida com nota 6.8 para o Sofascore.

PUBLICIDADE

O Santos venceu a Ponte Preta com gols de Gil, aos 17, e Giuliano, aos 23 minutos do primeiro tempo. A Ponte Preta diminuiu aos oito do segundo tempo com Sérgio Raphael.