Home Mídia Esportiva Trajano cita Antero Greco como unânime na mídia esportiva: “Querido por todos”

Trajano cita Antero Greco como unânime na mídia esportiva: “Querido por todos”

Companheiro do comentarista ainda na época da ESPN lembrou da grande aceitação no meio do jornalismo esportivo

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Antero Greco

Antero Greco na ESPN em edição do Sportscenter (Reprodução)

José Trajano, ex-chefe e companheiro de Antero Greco na ESPN, lamentou a morte do amigo durante participação no UOL News Esporte desta quinta-feira (16). Para ele, o comentarista do Sportscenter era uma unanimidade na mídia esportiva do país.

PUBLICIDADE

“Eu tenho 61 anos de profissão e talvez não haja na imprensa esportiva brasileira uma figura tão querida e tão unânime como Antero Greco”, disse o emocionado José Trajano sobre o jornalista.

“Sempre tem alguém que vai dizer ‘ah, esse não sei’. O Antero, não, o Antero era querido e respeitado por todos. Então, é motivo de muita tristeza.”

PUBLICIDADE

Antero Greco foi diagnosticado em julho de 2022 com um tumor no cérebro, voltou ao trabalho na ESPN mesmo após o diagnóstico. Em setembro do mesmo ano, passou mal e se afastou novamente, mas retorno ao Sportscenter em 2023, muitas vezes em comentários remotos.

Trajano lembrou passagens com Antero Greco

José Trajano revelou que Antero não bebia e não fumava, mas acompanhava os companheiros a várias cantinas do Bixiga, tradicional bairro de colônia italiana em São Paulo.

Segundo o jornalista, Antero Greco era um “boêmio” mesmo sem jamais ter sido um amante do álcool ou do tabaco.

“Antero era o paulistano típico, aquele filho de italianos do Bom Retiro que curtia muito ser filho de italiano. Várias vezes nos levou para aquelas cantinas ali do Bixiga, ele tinha um tio que era proprietário de uma cantina e adorava cantar aquelas tarantelas”, lembrou Trajano, citando a alegria e o astral que o ex-companheiro de ESPN exalava. Ele seguiu:

PUBLICIDADE

“A gente ficava lá, a comida não era lá essas coisas, mas a música, o ambiente, porque o Antero era um sujeito muito alegre. Curiosamente, o Antero não bebia, não fumava e era um boêmio.”