Home Futebol Vessoni criticou postura de Gabigol após entrevista: “Assumiu no quarto ato”

Vessoni criticou postura de Gabigol após entrevista: “Assumiu no quarto ato”

Atacante foi entrevistado no domingo (19) e assumiu erro de usar camisa do Corinthians após polêmica

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Gabigol

Gabigol, do Flamengo, reage após a partida entre Fluminense e Flamengo pelo Brasileirão Série A 2023 (Meier/Getty Images)

Na quinta-feira (16), uma imagem de Gabigol usando a camisa do Corinthians encheu a mídia esportiva. Inicialmente, o atacante afirmou que seria vítima de uma montagem, enquanto isso, o Flamengo optou por puni-lo financeiramente e com a retirada do dorsal 10. Porém, em entrevista, o jogador assumiu o erro e foi alvo de críticas do comentarista esportivo Vessoni.

PUBLICIDADE

Vessoni aponta falhas de Gabigol após polêmicas

Em programa G4, da Bandsports, o jornalista esportivo analisou as declarações e pedidos de desculpas recentes do atacante. Ao ser questionado sobre se haveria clima para continuar no Flamengo, Vessoni não poupou palavras e disse: “Durante 15 ou 17 anos que seja a vida útil de um jogador profissional, ele precisa abdicar durante 17 anos de algumas coisas. Acabou a vida, se aposentou. Acabou”.

Vessoni relembrou que a primeira postagem de Fábio Santos ao lado de um vinho aconteceu recentemente. Justificando que o ex-lateral do Corinthians manteve um perfil profissional ciente sobre sua responsabilidade com os torcedores e o clube.

PUBLICIDADE

Em outra declaração, o comentarista esportivo completou: “O que mais me pega no Gabigol foi essa sequência, veste a camisa, fala que é mentira, faz uma postagem que não assume nada, para no quarto ato dar entrevista e: eu errei. Isso me pega muito. Olha o quanto que ele demorou para aceitar uma coisa óbvia. Primeiro mente que não era, faz o story enorme com a postagem de texto, história com tom arrogante para o quarto ato, (…) não estou conseguindo convencer ninguém, não colou, agora eu vou falar”.

Por outro lado, Vessoni analisou a importância da entrevista de Gabigol ser com o jornalista esportivo André Hernan e não com qualquer outro meio de comunicação. Porém, recriminou a demora e a perda de confiança dos torcedores do Flamengo que o defenderam outrora.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial