Home Futebol Augusto Melo abre o jogo e explica sobre saída da Vai de Bet do Corinthians

Augusto Melo abre o jogo e explica sobre saída da Vai de Bet do Corinthians

Presidente do Alvinegro paulista disse que a oposição está atrapalhando sua gestão no clube e que sua eleição não foi aceita

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016. Radialista na Paiquerê 91,7.
Augusto Melo, Corinthians

Augusto Melo em entrevista coletiva no Corinthians (Reprodução / Corinthians TV)

Augusto Melo, presidente do Corinthians, explicou a rescisão contratual unilateral da Vai de Bet, então patrocinadora máster do clube, e colocou a culpa do atual momento na oposição.

PUBLICIDADE

Segundo Augusto Melo, sua eleição não foi aceita pelos opositores e que seu trabalho é para “deixar melhor para o próximo” presidente do Alvinegro.

“Os opositores não querem o bem do Corinthians. As pessoas que não aceitam que perderam a eleição. Será que torcem para o Corinthians mesmo? Sempre deixei claro que quero trabalhar para o próximo. O próximo torce para o Corinthians, quanto maior eu deixar o Corinthians maior ele será. As pessoas infelizmente usam o Corinthians politicamente, para termos problemas financeiros e nos sufoquem”, abriu o jogo Augusto Melo em entrevista coletiva no Corinthians.

PUBLICIDADE

Augusto Melo destacou que oposição faz com que “empresas se afastem do Corinthians”

O presidente do Corinthians seguiu culpando a oposição pelos problemas em sua gestão e pela saída de empresas, como a Vai de Bet, que era a maior patrocinadora máster da América do Sul, pagando R$ 120 milhões anuais por três anos ao clube.

“Sabem que a gestão resgata empresa, nomes, a torcida fiel que tem. Ficam fazendo com que as empresas se afastem do Corinthians para não termos êxito na gestão. Mas há quem ainda acredita e vai acreditar ainda mais. São só cinco meses de gestão. Se forem analisar o que já fizemos… É uma reformulação total e não aceitam”, apontou Augusto Melo.

“Mudamos de patamar, pegamos o clube numa situação pior que imaginávamos. Logo vocês vão saber a real situação. Montamos estrutura de reformulação, não é fácil. Imaginávamos um valor e é muito maior que todos imaginávamos. Mas com muito trabalho, diretoria competente e muito esforço, estamos mudando o patamar. Podem confiar que o Corinthians vai sair dessa.”

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial