Home Futebol Flamengo terá de investir quantia bilionária por estádio; veja os valores

Flamengo terá de investir quantia bilionária por estádio; veja os valores

Rubro-Negro avançou no sonho de contar com o seu próprio local após desapropriação do terreno no Gasômetro

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Trabalho como redatora desde 2018, fazendo cobertura de mídia esportiva, futebol, tênis e esportes americanos. Sou colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Flamengo torcida

Torcida do Flamengo no Maracanã. (Créditos: Marcelo Cortes / CRF)

Neste domingo (23), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, informou que a Prefeitura realizaria a desapropriação do terreno no Gasômetro. O local é alvo de tentativas do Flamengo, conforme a entidade, e com a Caixa Econômica Federal em busca da construção do seu próprio estádio. Apesar do passo importante, ainda há muitos detalhes por acertar, incluindo um investimento bilionário.

PUBLICIDADE

Em anúncio oficial, o Flamengo emitiu uma nota comunicando sua felicidade noa notícia do desapropriamento do terreno do Gasômetro e completou: “Nosso projeto prevê um enorme investimento financeiro no local, capaz de ajudar na transformação de tora a região do entorno do novo estádio, valorizando em muito a área e entregando para a nossa cidade um novo e moderno espaço, tanto de entretenimento quanto comercial”.

Nos últimos anos, o Rubro-Negro não está satisfeito com o uso do Maracanã. Diante desse cenário, a diretoria do clube procurava alternativas para a viabilização do projeto. O terreno no Gasômetro é tido como a melhor opção para a construção de um estádio central e próximo ao Maracanã. Já as formas para a empreitada financeira são diferentes.

PUBLICIDADE

Segundo informações da ESPN, a gestão do Flamengo projeta um valor de investimento de R$ 1,5 bilhão a R$ 2 bilhões para a viabilização do projeto. Inicialmente, a administração optou por um plano similar ao do Palmeiras e a WTorre, mas a ideia foi descartada pelo atrito entre as partes e a dívida da companhia.

Por outro lado, também foi estudada a possibilidade de tornar o clube uma SAF, pelo menos parcial, para conseguir realizar a construção do estádio. A ideia foi recebida de forma negativa pelos conselheiros e não deve progredir. Atualmente, o melhor plano para não desfalcar o futebol do Flamengo é um acordo similar ao da Allianz Arena e o Bayern de Munique. Logo, vender os naming rights a uma empresa por um período permite que o projeto se torne uma realidade.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial