Home Futebol Muller se impressiona com meia do Brasileirão Série A: “Joga muita bola”

Muller se impressiona com meia do Brasileirão Série A: “Joga muita bola”

Ex-atacante não economiza nos elogios e exalta futebol apresentado por camisa 10

Eder Bahúte
Eder Bahúte integra o time do Torcedores.com desde 2016. Na cobertura esportiva, atua como redator e tem como foco principal o futebol brasileiro, internacional e mídia esportiva. Diplomado pela Universidade Paulista, o profissional acumula experiência em radiojornalismo e mídia impressa, além de participação em eventos da Copa do Mundo e Paulistão.
Muller

Ex-atacante discursa durante o Mesa Redonda - Reprodução/YouTube

Ídolo e torcedor declarado do SPFC, Muller comemorou mais uma vitória do time paulista sob o comando de Luis Zubeldía. Durante o programa Mesa Redonda, deste domingo (2), o ex-atacante confirmou a boa escolha feita pelo Tricolor na troca por Thiago Carpini. Apesar do bom resultado, um jogador da equipe adversária chamou bastante sua atenção.

PUBLICIDADE

No primeiro tempo, a Raposa pressionou bastante o rival paulista pelo lado esquerdo. Além do lateral-esquerdo Marlon, quem também comandava as principais ações dos mineiros era Matheus Pereira. Muito participativo, o meia organizava o setor e dava muito trabalho para os donos da casa.

“O grande jogador do Cruzeiro mesmo é o camisa 10, Matheus Pereira. Ele joga muita bola, tudo passava pelos pés dele”, destacou Muller.

PUBLICIDADE

Com muitas boas oportunidades desperdiçadas, a Raposa encurralava o SPFC em seu campo defensivo e o gol parecia mesmo questão de tempo. Entretanto, a expulsão infantil de Marlon encerrou o ímpeto celeste. No intervalo, Zubeldía organizou a equipe que rapidamente chegou ao segundo tento anotado agora por Calleri.

Citado por Muller, Matheus Pereira vê resultado amargo no Morumbis

Assim como em 2023, o Cruzeiro tem pecado nas finalizações. Diante do SPFC, a Raposa criou boas possibilidades de empatar, mas falhava no último passe.

“O time entrou bem no jogo, controlamos bem o primeiro tempo. Não fizemos os gols e ficou difícil, depois ficou mais difícil ainda. Difícil digerir a derrota, mas é levantar a cabeça e seguir trabalhando”, lamentou Matheus Pereira.

Para o meia, a equipe precisa superar a ansiedade e ter mais tranquilidade na conclusão das jogadas.

PUBLICIDADE

“Falta a bola entrar, mais nada. Acho que no último momento está faltando um pouco mais de calma. Falava-se muito na temporada passada que não fazíamos gol, talvez isso esteja atrapalhando. Precisamos ser mais eficazes”.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial