Home Futebol PVC detalha episódio que incomodou Dudu no Palmeiras antes de negociação com o Cruzeiro

PVC detalha episódio que incomodou Dudu no Palmeiras antes de negociação com o Cruzeiro

Jornalista acredita que o camisa 7 não vai deixar de ser ídolo do Verdão por causa do negócio com o clube celeste

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.
PVC contou detalhes do incômodo de Dudu no Palmeiras.

Fabio Menotti/Palmeiras

A negociação fracassada entre Palmeiras e Cruzeiro pelo atacante Dudu segue rendendo. Apesar do ‘fico’ do atacante, a relação com parte da torcida alviverde e com a diretoria segue estremecida. O jornalista PVC avaliou a situação do camisa 7 após os dias de turbulência.

PUBLICIDADE

Durante entrevista ao podcast PodPorco, PVC acredita que Dudu não perdeu o status de ídolo por causa da polêmica. O jornalista, entretanto, destacou a necessidade de se mudar a cultura do jogador “mimado” no futebol brasileiro. 

“O Dudu vai ser sempre um ídolo do Palmeiras. Eu acho que tem uma coisa da cultura do mimo do vestiário que precisa mudar no Brasil, e o Abel ajuda nisso. O Abel tem uma relação absolutamente profissional com os jogadores. O cara vai jogar se ele estiver bem, e se não estiver bem, não vai jogar” destacou o jornalista.

PUBLICIDADE

“O Dudu teve um problema particular em 2020 e o Palmeiras foi campeão da Libertadores sem ele. Ele teve um problema de lesão em 2023 e o Palmeiras também foi campeão sem ele”, relembrou PVC.

“Mas ele é um ídolo do Palmeiras, ele é o ponto da virada do período péssimo até 2015. Ele vai ser sempre um ídolo do Palmeiras”, avaliou PVC.

“O valor (da negociação com o Cruzeiro) era 4 milhões de dólares porque o Dudu falou “eu quero ir”. O Palmeiras não fez conta em nenhum momento, (…) o Palmeiras agiu de acordo com o que o Dudu pediu”, acrescentou.

Ao detalhar a negociação pela transferência de Dudu, PVC revelou que o incômodo do atacante começou na final do Campeonato Paulista, em abril. Na época, o atacante ainda estava se recuperando da cirurgia no joelho e não estava entre os relacionados para o jogo. 

PUBLICIDADE

“No Campeonato Paulista, após a final, o Dudu tentou subir para o campo e foi barrado (na comemoração do título). Os funcionários ofereceram pra ele a credencial, mas ele se irritou e foi embora”, relembrou PVC. 

Quando o fato foi noticiado, Alexandre Mattos iniciou as movimentações para entender a situação de Dudu no Palmeiras. O diretor de futebol, hoje no Cruzeiro, foi responsável pela contratação do atacante no time Alviverde em 2015.

Dudu confirma ‘fico’ no Palmeiras após negociação com o Cruzeiro

Anunciado como reforço da Raposa no sábado (15), Dudu divulgou um comunicado na segunda-feira (17) confirmando sua permanência no Palmeiras. O jogador mudou de ideia após conversar com familiares e amigos, além de se assustar com a repercussão entre a torcida.

“Foram dias intensos, bem angustiantes e resolvi me pronunciar somente após pensar muito e conversar bastante com a minha família. Realmente, recebi uma proposta muito boa e fiquei balançado. Talvez, eu nunca mais receba uma oportunidade como essa. Tenho 32 anos e me ofereceram 4 anos de contrato”, revelou o atacante.

PUBLICIDADE

“O Cruzeiro é um clube que tenho um enorme carinho e agradeço, demais, pelo reconhecimento, mas sinto que, neste momento, ainda não é a hora de sair e de encerrar o meu ciclo no Palmeiras. Sinto que posso seguir construindo a minha história aqui”, disse Dudu.

“Foram dias muito tristes e difíceis. Sofri duras críticas, mas eu sei o que está no meu coração e o quanto respeito essa instituição”, escreveu o ídolo do Palmeiras em seu Instagram.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial