Home Futebol Vinícius Júnior celebra “condenação histórica” na Espanha: “Sou algoz de racistas”

Vinícius Júnior celebra “condenação histórica” na Espanha: “Sou algoz de racistas”

Atacante do Real Madrid garante que vai seguir combatendo o preconceito no futebol europeu

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Vinícius Júnior.

Vinícius Júnior, atacante do Real Madrid (Divulgação - Real Madrid)

Alvo constante de racismo na Espanha, Vinícius Júnior celebrou que os atos racistas, em maio de 2023, não saíram impunes. Mesmo com o processo sendo demorado, três torcedores do Valencia vão encarar oito meses de prisão pelo crime cometido no Mestalla. Além disso, decretou-se uma proibição de entrada em qualquer estádio de futebol por dois anos.

PUBLICIDADE

“Os três acusados foram declarados culpados de crime contra a integridade moral de Vinícius Júnior, agravado por terem agido com motivações racistas […] Esta é a primeira condenação por atos desta natureza proferida por tribunais e tribunais criminais.”, informou o Real Madrid.

Reagindo à sentença do Tribunal de Instrução nº 10 de Valência, Vinícius Júnior citou a posição de “algoz de racistas”. Ciente de que houve uma mudança na punição, o brasileiro espera que os preconceituosos tenham “medo, vergonha e se escondam nas sombras”.

PUBLICIDADE

“Muitos pediram para que eu ignorasse, outros tantos disseram que minha luta era em vão e que eu deveria apenas “jogar futebol”. Mas, como sempre disse, não sou vítima de racismo. Eu sou algoz de racistas.”

“Essa primeira condenação penal da história da Espanha não é por mim. É por todos os pretos. Que os outros racistas tenham medo, vergonha e se escondam nas sombras. Caso contrário, estarei aqui para cobrar. Obrigado a La Liga e ao Real Madrid por ajudarem nessa condenação histórica. Vem mais por aí…”, escreveu Vinícius Júnior, na plataforma X.

Presidente da La Liga valoriza punição

Criticado pela falta de empenho na luta contra o racismo, Javier Tebas garante que está do lado de Vinícius Júnior. Diante disso, o presidente da La Liga espera que qualquer ato de preconceito fique longe do futebol, já que haverá sentenças criminais fora dos estádios.

PUBLICIDADE

“Esta sentença é uma ótima notícia para a luta contra o racismo na Espanha, pois repara os danos sofridos por Vinicius Junior e envia uma mensagem clara para aquelas pessoas que vão a um estádio de futebol para insultar que a La Liga irá detectá-los, denunciá-los e haverá consequências criminais.”, afirmou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial