Home Futebol Silas valoriza zagueiro “raiz” atuando no Brasileirão: “Seleção precisa”

Silas valoriza zagueiro “raiz” atuando no Brasileirão: “Seleção precisa”

Comentarista exaltou estilo de jogador que tem a prioridade de fazer o simples na defesa

Bruno Romão
Bruno Romão atua, como redator do Torcedores.com, na cobertura esportiva desde 2016. Com enfoque em futebol brasileiro, futebol internacional e mídia esportiva, acumula experiência em eventos como Copa do Mundo e Olimpíadas. Possui diploma de bacharelado em Jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba.
Silas.

Silas, comentarista da ESPN (Reprodução)

Silas acredita que o Botafogo possui uma grande força coletiva. Mencionando peças essenciais da atual engrenagem do Glorioso, o ex-jogador fez questão de valorizar o desempenho de Bastos. Levando em conta o comportamento “raiz” visto em campo, o profissional da ESPN vê o estilo em falta na seleção brasileira.

PUBLICIDADE

“O Júnior Santos é um baita jogador, o Tiquinho voltou, o Luiz Henrique é um baita (jogador), o Marlon Freitas domina o meio-campo. O Bastos, que entrou, encaixou. Ele é simples. Ah, meu Deus do céu… a seleção brasileira precisa desses caras. Zagueiro!”, disse Silas, no ESPN FC.

Sem aprovar que os zagueiros sejam construtores, Silas vê uma postura perfeita de Bastos em campo. Além disso, o defensor do Botafogo, forte no jogo aéreo, é uma das armas ofensivas em bolas paradas.

PUBLICIDADE

“Zagueiro, hoje, tem que ser meia e saber jogar. Quem tem que saber jogar é o Veiga, Ganso e o Renato Augusto. O Bastos, não. Ele tem que ser zagueiro, tem que ‘zagueirar’. De quebra, ele ainda vai na área e (faz gols). Vai ganhando espaço e moral. Mas ele é simples na forma de jogar.”, afirmou.

No meio-campo, Silas enxerga Tchê Tchê e Eduardo como essenciais no Botafogo. Diante do retorno de Patrick de Paula aos gramados, o volante, na visão do comentarista, também pode ser importante.

“Quando precisa do Tchê Tchê, ele está ali. Recuperaram o Patrick de Paula. O Eduardo, quando precisa, vai lá e faz os gols dele. É um time que se ajuda.”, prosseguiu,

Silas destaca dupla no ataque do Botafogo

Artilheiro da Libertadores, Júnior Santos, assim como Luiz Henrique, teve a força física valorizada por Silas. Velozes e donos de dribles rápidos, os dois atacantes estão compensando o momento sem brilho de Tiquinho Soares.

PUBLICIDADE

“Todo mundo trabalha. O Júnior Santos é forte, o Luiz Henrique é forte, sabem aguentar a pancadaria.”, elogiou.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial