Home Futebol Tostão elege três jogadores que dão esperança na seleção

Tostão elege três jogadores que dão esperança na seleção

Ex-jogador cita necessidade de mudança de postura no estilo de jogo para os próximos confrontos do escrete nacional

Cido Vieira
Cido Vieira é um jornalista graduado no Centro Universitário Uninter que trabalha como redator no Torcedores.com desde 2017, com cobertura focada em futebol brasileiro e mídia esportiva. Acumula dentro de sua trajetória na profissão experiência na área radiofônica, sendo setorista de clubes pernambucanos, cobrindo Brasileirão e Copa do Nordeste.
Brasil na Copa América

Endrick e membros da comissão técnica da seleção brasileira (Rafael Ribeiro - Divulgação - CBF)

Lendário nome na história da seleção brasileira, Tostão repercutiu em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo, a eliminação dos comandados de Dorival Júnior na Copa América, fez alguns apontamentos e disse ter esperança em três jogadores: Neymar, e os jovens Estêvão e Endrick, cria das categorias de base do Palmeiras.

PUBLICIDADE

Colocando o Brasil como um dos candidatos ao título da próxima edição da Copa do Mundo, mesmo com o escrete passando por um reconstrução, o ex-jogador prospectou que os jovens possam evoluir ainda mais e que Neymar retorne com um bom condicionamento físico e técnico para ser referência do escrete.

“Existem esperanças de que melhore a maneira de jogar, que alguns jovens evoluam bastante, como Estevão e Endrick, que Neymar volte em boas condições físicas e técnicas e que as pessoas que trabalham no futebol, em diferentes atividades, dentro e fora de campo, tenham mais sabedoria, que vai muito além de informação e padronização”, avaliou Tostão.

PUBLICIDADE

Do trio citado por Tostão, apenas Endrick esteve na Copa América. Neymar, por sua vez, deve estar apto para jogo na retomada das Eliminatórias, programada para setembro. Por fim, Estêvão é um nome que está no radar de Dorival Júnior e comissão técnica, por conta do protagonismo vivido no Palmeiras. A exemplo de Endrick, o jovem já está negociado com o futebol europeu, mas a transferência só será concluída em julho de 2025.

Tostão questiona atuação de Paquetá

Em outro momento da coluna, Tostão criticou a apresentação de Lucas Paquetá no confronto diante do Uruguai, classificando que o meio-campista do West Ham se mostrou “perdido” no esquema de Dorival Júnior, não sendo um jogador de meio efetivo, e também não apoiando com incisão no ataque. Na avaliação do ex-jogador, este é um problema vigente desde a disputa da última Copa do Mundo.

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial