Home Futebol Túlio Maravilha ignora Romário em top-3 dos melhores do futebol brasileiro

Túlio Maravilha ignora Romário em top-3 dos melhores do futebol brasileiro

Ex-atacante que fez história por clubes como Goiás e Botafogo elegeu seus três maiores jogadores em sua rede social

Marco Maciel
Marco Maciel é jornalista que atua cobrindo futebol brasileiro, com ênfase para o futebol gaúcho com Internacional e Grêmio e para a mídia esportiva. Graduado em jornalismo pela pela PUC-RS, em 2007, está no Torcedores.com desde 2022; passou pela redação e assessoria de imprensa da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade); edita o site SAMBARIO, voltado para sambas-enredo, desde 2004; e passou a escrever para o site NasPistas.com a partir de 2023.
Túlio Maravilha e Romário

Túlio Maravilha e Romário (Reprodução/Instagram @tuliomaravilha_oficial)

Um dos mais carismáticos jogadores do país nos anos 90, Túlio Maravilha deixou a sua marca defendendo muitos clubes em sua longa carreira no futebol. O centroavante, que iniciou a carreira no Goiás e se consagrou no Botafogo chegando à seleção brasileira, possui mais de mil gols segundo sua própria contagem.

PUBLICIDADE

Bastante ativo no Instagram, Túlio Maravilha respondeu ontem (9) a um seguidor sobre quais os três maiores jogadores do futebol brasileiro, na sua opinião. Em seu top-3, deixou craques como Romário de fora.

O ex-atacante iniciou a sua relação da maneira mais óbvia: citando Pelé. “É insuperável e incomparável”, resumiu, sobre o Rei do Futebol.

PUBLICIDADE

Túlio Maravilha: “Garrincha ganhou a Copa de 1962 sozinho”

Na segunda colocação, Túlio colocou Garrincha. “Pra muitos é desprezado, mas pra mim não. Porque ganhou uma Copa do Mundo em 62 sozinho”, justificou sobre o eterno camisa 7 do Botafogo e da seleção brasileira.

Túlio Maravilha seguiu exaltando Mané Garrincha. “Com a contusão do Pelé, ele assumiu a responsabilidade. Fez gol de falta, fez gol de cabeça, gol de perna esquerda. Então levou aquele bicampeonato sozinho nas costas”, disse o ex-atacante.

Por fim, colocou Ronaldo Fenômeno em terceiro lugar na sua relação, principalmente pelo pentacampeonato mundial em 2002. “Foi artilheiro e fez dois gols na final. Então isso não tem preço”, concluiu.

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial