Flamengo teve camisa amarela e azul em 2010

O Flamengo é conhecido mundialmente como clube rubro-negro. Mas, em 2010, pela primeira vez, a equipe vestiu cores diferentes do vermelho e o preto tradicionais. A Olympikus lançou um uniforme amarelo e azul para que o time carioca usasse em alguns jogos do Campeonato Brasileiro daquele ano.

Matheus Adami
Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.

Crédito: Reprodução

As cores inusitadas, na verdade, fazem parte da história do Flamengo. Antes de adotar o vermelho e o preto, o Flamengo usou o amarelo e o azul na data de fundação, em novembro de 1895, quando era apenas um clube que competia em provas de remo. Mas, pela dificuldade em confeccionar uniformes nas cores escolhidas, em 1896 o clube decidiu que trocaria o amarelo e o azul pelo vermelho e preto.

Em campo, o retrospecto da camisa não foi nada bom. O uniforme amarelo e azul foi utilizado em apenas dois jogos do Campeonato Brasileiro daquele ano. O Flamengo empatou por 1 a 1 com o Vitória, no dia 15 de maio de 2010, e perdeu por 1 a 0 para o Corinthians em 8 de agosto do mesmo ano. E foi aposentada.

De fato, o efeito visual era estranho. Não parecia o Flamengo, até por causa dos calções azuis e dos meioẽs listrados em amarelo e azul. Não à toa, a camisa foi apelidada de “Tabajara”, devido à semelhança com o uniforme do fictício Tabajara Futebol Clube, do programa humorístico “Casseta & Planeta”.

Crédito da foto: Reprodução