Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Adrián Ramos, do América de Cali: “Não tive a melhor relação com Klopp”

Novo reforço do América de Cali, Adrián Ramos passou a limpo a carreira em entrevista para portal

Lucas Antonio Luz Iglesias
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Site América de Cali

O atacante colombiano Adrián Ramos voltou ao América de Cali depois de 11 anos no futebol europeu. Todo esse período ele atuou no futebol alemão e espanhol, em equipes como Borussia Dortmund e Granada. Ele também fez parte do plantel da Colômbia, que chegou até às quartas de final da Copa do Mundo, em 2014.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Ramos agora quer voltar a ser protagonista e por isso tem grandes expectativas para disputar a Copa Libertadores neste ano e ainda enriquecer o clube dele com gols e boas atuações. Adrián Ramos falou com o portal Marca Claro Colômbia, onde a equipe dele faz disputa um torneio.

Sobre o porquê de ter voltado ao América, Ramos disse: “Cada jogador analisa a sua situação e a hora de tomar uma decisão. Eu queria estar em uma equipe onde poderia voltar a ter sonhos e vontade. Vejo isso aqui no América. Estou contente por colocar esta camiseta”.

O atacante de 33 anos também garantiu que a família foi fundamental para voltarem para a Colômbia. E sem um consenso entre os familiares, seria impossível deixar a Europa.

Adrián Ramos não teve sucesso no período em que jogou no Borussia Dortmund, da Alemanha. Na época, foi treinado por Jurgen Klopp: “É um treinador que já no Borussia o via como diferente, pela sua forma de trabalhar. Não me surpreende o que está fazendo. Convence os jogadores da sua ideia e isso se vê refletido no Liverpool”.

Apesar disso, os dois não tiveram uma boa relação: “Na verdade não foi a melhor relação. Quando cheguei, me brindou com sua confiança, mas depois nos desentendemos e por isso não tive muita participação. As coisas do futebol… de todas as maneiras aprendi muitíssimo com ele e estou agradecido por todas as coisas”.

Mas o foco agora do artilheiro é o América de Cali. A equipe está em um grupo difícil na Copa Libertadores, com equipes como Grêmio e Universidad Católica. Agora só em campo para garantir se Ramos voltará a ser feliz com o futebol, ou não.

LEIA MAIS:

APÓS QUASE UM ANO, KEYLOR NAVAS SOFRE TRÊS GOLS EM UMA MESMA PARTIDA