Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cigano fala sobre futuro no UFC e sonha com título: “Meu objetivo é ser o número 1”

Em entrevista ao Combate.com , Júnior Cigano falou sobre a luta contra Curtis Blaydes no próximo sábado(25), no UFC Raleigh

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC

Júnior Cigano está de volta aos ringues, e o palco desse retorno será o UFC Raleigh. Em entrevista ao Combate.com, o brasileiro falou sobre a luta e sobre as expectativas para seu futuro.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Fala Cigano!

Desejo em ser campeão

Cigano falou um pouco sobre sua experiência, e revelou seu maior desejo no momento: Ser campeão novamente.

Eu me sinto muito bem, agora, com 35 anos. Tenho mais experiência, sinto que posso fazer melhor. É um sentimento muito bom, que me motiva, me traz uma boa sensação. O objetivo principal é me tornar campeão do mundo novamente. Sei que não é fácil. Acho que 80% de uma luta é o psicológico, tem que estar bem, acreditar de verdade e fazer funcionar da forma que é. Você pode cometer erros, pagar até caro, mas quem é de verdade não se preocupa, segue em frente. Independentemente dos resultados positivos ou negativos, sei refazer. É seguir em frente, dando o melhor, que as coisas vão acontecer.

Próximos adversários

O brasileiro não tem adversário favorito nesse momento. Cigano disse querer estar no topo, independente de quem esteja lá.

Sinceramente, tanto faz (Miocic ou Cormier), são dois grandes atletas. Eu não tenho rixa, nem rivalidade, nem a intenção de lutar contra ninguém. Meu objetivo é ser o número 1, independentemente de quem esteja lá, seja o Miocic ou o Cormier. Eu os respeito bastante, já lutei contra o Miocic por duas vezes. Respeito pela trajetória e pela forma de condução das carrerias. O Cormier eu pouco sei, acompanho mais de longe. Qualquer um dos dois seria uma grande luta, estou empolgado para fazer acontecer logo.”

Revanches

Entre os possíveis adversários, Cigano citou algumas revanches de derrotas que sofreu.

“A gente tem vários grandes lutadores no peso-pesado, mas uma coisa que me motiva bastante é ter essas revanches contra caras que sofri resultado negativo, como o Ngannou. É uma revanche que quero muito fazer, me motiva bastante. Essa terceira luta contra o Stipe é uma coisa que me motiva bastante também. Estou trabalhando duro para que as coisas aconteçam de uma forma boa para a gente.

Luta com Blaydes

Antes de almejar o cinturão, Cigano terá que passar por Curtis Blaydes no UFC Raleigh. Ele falou sobre o combate.

“A expectativa é a melhor possível, estou feliz por estar competindo novamente. É uma luta difícil como todas as outras, a próxima é sempre a mais difícil. Vai ser uma batalha de estilos. Gosto de procurar o nocaute, de usar o boxe. Ele gosta de derrubar, cansar os adversários, para tirar vantagem disso.”

Tudo sobre a luta entre Cigano e Curtis Blaydes e sobre o UFC Raleigh, você confere aqui, no Torcedores.com .

LEIA MAIS
Donald Cerrone pega seis meses de suspensão médica após combate contra McGregor no UFC 246