Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Em noite inspirada de Fischer, Corinthians bate São José pelo NBB

Armador do Corinthians foi fundamental para a vitória contra o São José pelo NBB. Após cinco derrotas consecutivas, o alvinegrou volta a vencer no torneio

Matheus Ornellas
Colaborador do Torcedores.com que cobre os esportes americanos.

Crédito: Beto Miller

Na última terça-feira (14), o Corinthians recebeu a equipe do São José, pela primeira rodada do segundo turno do Novo Basquete Brasil (NBB). Após ficar cinco jogos consecutivos sem vencer pela competição, o alvinegro conseguiu reencontrar o caminho da vitória diante de sua torcida. O grande destaque da partida foi Ricardo Fischer, armador corinthiano. A partida terminou em 103 a 92.

NBB de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Corinthians x São José

Primeiro Período – COR 34 x 22 SJO

Sem vencer a cinco jogos no NBB, o Corinthians tomou as iniciativas da partida. A equipe conseguiu aproveitar bem as primeiras posses no ataque, além de mostrar uma defesa forte para o São José. Mesmo sabendo da dificuldade, o time visitante mostrou garra para não deixar o adversário abrir uma vantagem muito alta.

Ricardo Fischer e Mariani travaram uma batalha particular no primeiro quarto. Ambos os jogadores começaram bem nas tentativas de três pontos. O armador do Corinthians tinha 8 pontos, enquanto o ala do São José tinha 10. Outro jogador dos donos da casa que apareceu bem foi Robinson. Além dos quatro pontos, o norte americano liderava o time nas assistências.

Com um ótimo final de primeiro quarto, o Corinthians conseguiu fechar com 12 pontos na frente.

Segundo Período – COR 52 x 41 SJO

Diferente dos primeiros dez minutos, São José parecia mais solto em quadra. Nem o toco de Douglas Santos logo no começo do período pareceu mexer com o time.

Mesmo sem reduzir muito a vantagem, a defesa parecia funcionar um pouco melhor. O Corinthians também começou a desperdiçar mais bolas no ataque, além de voltar a sofrer com os rebotes ofensivos no NBB. A solução foi acionar Fischer, que voltou do banco com mais uma bola de três pontos.

Após uma parada do técnico corinthiano Bruno Savignani, os donos da casa conseguiram se ajustar. Johnson apareceu com rebotes ofensivos importantes, que ajudaram a controlar o ritmo do confronto. Para o São José, Rafael começou a figurar mais no ataque, igualando os 10 pontos do parceiro de time Mariani.

A melhora dos visitantes infelizmente não refletiu no placar do NBB. Ao final do período, a vantagem ainda era de 11 pontos.

Terceiro Período – COR 78 x 67 SJO

A partida recomeçou com uma marcação forte de ambas as equipes. Nesbitt conseguiu uma senhora enterrada em um dos poucos erros defensivos do São José no começo do período. O Corinthians também seguiu derrubando bolas de três, mas agora pelas mãos do norte americano Robinson. Para o São José, Mariani e Rafael seguiam como destaques no ataque.

Os visitantes tinham flashes de que iriam começar a reação. A equipe de São José conseguia boas jogadas e distribuía bem a bola, mas encarava um adversário com ataque forte.

Fischer estava realmente em uma noite muito boa no NBB. Das 9 tentativas para três pontos, o jogador do Corinthians anotou seis. Com a última, ele chegou a 26 pontos no confronto e era o cestinha disparado. Ao final do período, a vantagem seguiu em 11 pontos.

Quarto Período – COR x SJO

Precisando buscar uma virada, os visitantes se lançaram ao ataque com sucesso por Ambrosino e Morilo. Nos primeiros dois minutos da parte final, foram 7 pontos. Com a vantagem caindo de forma tão rápida, o Corinthians pediu um tempo para tentar esfriar seu adversário e corrigir os erros.

A parada fez bem para o Corinthians e principalmente para Fuller, que voltou anotando pontos. Com mais calma nas duas fases do jogo, os donos da casa voltaram a abrir 11 de vantagem. Foi a vez de Paulo César Martins de Oliveira gastar um tempo para falar com seus jogadores.

Após a parada, Fischer anotou mais uma cesta de três para incendiar a torcida no ginásio. O São José conseguia responder no ataque, principalmente com Morilo que chegou a 21 pontos, mas não conseguia diminuir o ritmo corinthiano, que embalou com Fuller.

Nos minutos finais, bastou administrar o placar para confirmar a vitória do Corinthians. Com a vitória, o time quebra o jejum de cinco derrotas seguidas e volta para a briga no NBB.

Sequência no NBB

Depois de jogar fora de casa, o São José recebe o Bauru, na próxima sexta (17). Já o Corinthians terá uma semana para se preparar para o duelo fora de casa contra a UNIFACISA pelo NBB.

LEIA MAIS

Capitão do Pinheiros pede atenção contra o Flamengo no Super 8

Goes fala sobre ano de superação do Mogi no NBB