Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Del Bosque questiona demissão de Valverde do Barcelona: “Quem sou eu para julgar?”

Ex-técnico da seleção espanhola demonstrou surpresa com saída do comandante dos catalães

João Pedro
Jornalista, Redator, Produtor, e Analista de Desempenho no Futebol.

Crédito: Divulgação / RFEF

Vicente Del Bosque, ex-técnico da seleção espanhola e multi campeão com a Fúria, se declarou surpreso com a demissão de Ernesto Valverde do comando do Barcelona. Ele disse não ser capaz de julgar, mas criticou as demissões de treinadores no futebol europeu.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Quem sou eu para julgar a decisão dos que têm de governar um clube? A saída me parece má, porque o Valverde é um exemplo que representa muito bem os valores dos treinadores e é um exemplo de comportamento. Fiquei surpreso.”, questionou sobre a saída do técnico dos catalães durante evento na Espanha.

Del Bosque também comparou o caso de Valverde no Barcelona ao fato de mais clubes demitirem seus técnicos. De acordo com o ex-treinador, isso tem se tornado bastante comum. Na Inglaterra, por exemplo, país conhecido por dar tempo de trabalho, acontece bastante.

“Não é só esse caso do Barcelona. Vemos que há cada vez mais treinadores a serem despedidos em lugares onde não era costume, como no caso do futebol inglês, onde os treinadores tinham mais credibilidade e crédito do que em Espanha”, completou o campeão da Eurocopa de 2008 com a Fúria.

Valverde no Barcelona

A demissão de Valverde dos catalães aconteceu na última segunda-feira (13). O revés para o Atlético de Madrid na Supercopa da Espanha foi a gota d’água para uma relação que vinha sendo desgastada. Ao todo, foram 145 jogos, com 97 vitórias, 32 empates e 16 derrotas. Quique Setién foi anunciado como substituto.

LEIA MAIS

Messidependência e viradas históricas na Liga dos Campeões: Sete erros cometidos por Ernesto Valverde no Barcelona

Bartomeu lamenta ter que demitir Valverde no meio da temporada: “não é a nossa forma de atuar”

Mourinho, sobre a Premier League: “uma competição muito difícil de ganhar”