Djokovic acredita em favoritismo do “Big Three”, mas prega cautela no Australian Open

Apontado como grande favorito, sérvio não deve ter vida fácil na competição

Gabriel Machado
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Twitter ATP Tour

Após a conquista do ATP Cup em cima de Rafael Nadal, Novak Djokovic volta as atenções ao Aberto da Austrália. Entretanto, mesmo após vencer um de seus maiores rivais recentemente, o tenista não acredita que será o grande favorito. Para ele, este é o momento em que os herdeiros do “Big Three” (ele, o espanhol e Federer) surgirão como boas apostas.

“Acho que será muito aberto, tanto no Australian Open quanto no resto do Grand Slam. Não acho que haja grandes favoritos. Obviamente, somos Federer, Nadal e eu por causa da experiência e do fato de ocupar as três primeiras posições do ranking, mas também há Medvedev, Tsitsipas ou Thiem”, afirmou o sérvio.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Djokovic reduz vantagem de Nadal

O atual número 1 do mundo, Rafael Nadal, sofreu sua nona derrota seguida para Novak Djokovic. Desta vez, o palco do duelo foi a Ken Rosewall Arena, em Sydney na Austrália. Sendo assim, a Sérvia conquistou a primeira edição da ATP Cup em cima da Espanha.

Inegavelmente, o sérvio vem superando o espanhol, mas ainda não o ultrapassou no seleto ranking da ATP. Todavia, tudo pode mudar depois da disputa do Aberto, já que apenas 515 pontos os separam.

Domínio do “Big Three”

Djokovic, Nadal e Federer venceram o os últimos doze Grand Slam, e não é para menos. Os três são apontados como os melhores da história. Inclusive, o suíço é cogitado como o maior de todos os tempos.

Mesmo diante de tamanha grandeza, Djokovic adota cautela e acredita que o tenista Stefanos Tsitsipas é a prova viva de que os mais jovens estão chegando. Em Novembro, o grego faturou o ATP Finals competição que encerra o calendário com uma disputa entre os melhores do ranking.

“Eles mostraram que amadureceram, que podem competir com os melhores do mundo e vencê-los. Todo mundo continua falando sobre um jogador do NextGen vencendo um Grand Slam. Parece que isso está próximo. Vamos ver”, completou o sérvio.

LEIA MAIS

Nadal mostra preocupação com incêndios florestais na Austrália: “Tomara que esse pesadelo acabe o quanto antes!”

Roger Federer terá seu rosto estampado em moedas comemorativas na Suíça